header top bar

section content

Artistas de Cajazeiras se reúnem com prefeita Denise para traçar metas na área cultural. Veja Fotos!

Na ocasião, foram sugeridos festivais, mostras de cultura no calendário municipal e estadual, locais adequados para ensaios e transportes. Confira!

Por

02/05/2013 às 15h13

Com a presença da prefeita de Cajazeiras, Denise Albuquerque (PSB) e do secretário executivo municipal de Cultura, Agnaldo Cardoso, artistas de vários segmentos como: dança, artes cênicas, música e literatura se reuniram nesta quarta-feira (01) feriado do dia do trabalho, para traçar metas para o ano de 2013. A reunião aconteceu no Centro Cultural Zé do Norte, localizado no anexo da Biblioteca Castro Pinto.

Estiveram presentes na reunião, os vereadores Alysson Américo (Voz e Violão – PT) e Eriberto da Cagepa (PP), a secretária de Cidadania e Promoção Social Léa Silva, o teatrólogo Francisco Hernandez, o professor universitário Naldinho Braga, os gerentes regionais do ODE Geraldo Bernardo Abrantes e Rivelino Martins, o diretor do Teatro Ica Pires, Orlando Maia e demais artistas como Beethoven Ulianov, Osvaldo Moésia, Joel Santana, Sylvia Teixeira, Denílson Feitosa.

A reunião foi marcada pela forte presença, participação e manifestação democrática dos artistas. Todos fizeram várias reivindicações para a melhoria em diversos âmbitos artísticos da região. Foi sugerido festival, mostras de cultura no calendário municipal e estadual, locais adequados para ensaios e transportes.   

Na oportunidade, o secretário executivo de Cultura, esclareceu aos presentes os objetivos, investimentos e o lançamento do edital do Fundo Municipal de Cultura (FUMINC 2013). Agnaldo Cardoso reiterou o compromisso da nova gestão municipal com a categoria e a visão da prefeita diante das necessidades das classes.

“Serão disponibilizados R$ 83.430,68 (Oitenta e três mil, quatrocentos e trinta reais e sessenta e oito centavos), para incentivo a projetos culturais, que serão analisados e aprovados. No final da gestão passada, sem qualquer explicação plausível, os artistas e produtores culturais ficaram sem receber algumas parcelas, amargando um grande prejuízo. Os projetos executados podem ser na área teatral, artes plásticas, música, dança, livro, folclore, eventos culturais e gravação de CDs de artistas da terra, repentistas,” esclareceu.

Veja mais fotos na galeria. Clique e aumente o tamanho.

DIÁRIO DO SERTÃO com Secom

Tags:
DEPENOU O GALO

VEJA OS GOLS: Atlético de Cajazeiras vence o Treze de Campina e assume a liderança isolada do Paraibano

NA TELA DA TV DIÁRIO

Diário Esportivo traz tudo sobre a 2ª rodada do Paraibano; Tático narra gol da vitória do Atlético

SE CUIDE!

VÍDEO: No Janeiro Branco, Diversidade em Foco promove uma ‘Conversa sobre suicídio e como evitá-lo?’

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”