header top bar

section content

Cadela queimada na região de Cajazeiras continua ‘fraca’, mas volta a Igreja. FOTOS!

Alaíde é também conhecida como a cadelinha da igreja e não perde uma missa, nem os eventos da cidade, além de ir para o colégio

Por

06/01/2016 às 16h23 • atualizado em 30/05/2016 às 15h22

No final do ano passado o Diário do Sertão divulgou uma matéria sobre uma cadela, chamada Alaíde, que mobilizou centenas de internautas comovidos com a história do animal.

Nossa reportagem recebeu a informação que Alaíde, uma assídua frequentadora da Igreja Matriz da cidade de Monte Horebe teria sido queimada com água quente.

Veja mais!

 MÁ: Cadelinha que não perde uma missa no Sertão tem corpo queimado com água quente

A pedido de vários internautas, a reportagem do Diário do Sertão tentou reunir informações sobre o estado de saúde da cadelinha. O fato é que Alaíde vive nas ruas do município, mas há três anos é alimentada, cuidada e medicada pela jovem vendedora Jéssica Dias.

A vendedora contou que no dia 26 de dezembro foi informada, através de uma amiga, que teria ouvido os latidos fortes do animal, momento que estaria sendo agredida. A jovem contou que não sabe ao certo o que ocorreu com Adelaíde, nem quem machucou a cadelinha, mas ela ficou muito ferida.

Jéssica informou que recebeu ajuda de um criador de animal, proprietário de um estabelecimento comercial da cidade para a aquisição e administração da medicação para Alaíde.

“Ela já está melhor. Está um pouco fraca mais já está na rua e por incrível que pareça está na igreja”, Contou o a vendedora.

Alaíde é também conhecida como a cadelinha da igreja e não perde uma missa, nem os eventos da cidade, além de ir para o colégio.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os membros da Associação dos ciclistas de Cajazeiras e região; Confira!

ADVERSÁRIOS ETERNOS

Breckenfeld diz que nunca será candidato a prefeito de São João nem aliado de Zé Aldemir: “Chance zero”

PSICOLOGIA & FILOSOFIA

Cajazeirense que vendia poesia pra pagar curso em SP fala sobre sonhos e objetivos no “Psicologia no Ar”

CÓDIGO COMPROVA

No 1º Xeque-Mate de 2018, tecnólogo diz que é fácil fraudar eleições com urna eletrônica e explica como