header top bar

section content

Jornalista do ‘tempo’ da rede Globo prevê baixa La Niña e muita chuva para a Paraíba. CONFIRA O VÍDEO!

Esse fenômeno é responsável pelo resfriamento anormal das águas do Pacífico e do Atlântico Sul, e está presente no Brasil desde outubro de 2016

Por Estagiário

20/11/2016 às 07h40 • atualizado em 20/11/2016 às 12h26

Diferente de outras regiões, no nordeste as manhãs começam com mais de 20°C, enquanto no sul e sudeste apresenta baixas temperaturas. Devido a uma alta pressão com temperaturas fora do comum nesta época do ano, trazendo uma massa de ar fria para parte do centro-sul, esse sistema já foi confirmado que é a presença da La Niña.

Esse fenômeno é responsável pelo resfriamento anormal das águas do Pacífico e do Atlântico Sul, e está presente no Brasil desde outubro de 2016. Uma de suas características é baixar as temperaturas no sul e sudeste. Apesar do frio fora do normal em novembro, as temperaturas devem ficar dentro do comum nos próximos meses, também ela vai ajudar na distribuição da chuva, no norte e nordeste terão aumento de chuvas. Já sudeste e sul do país terão carência de chuvas e sofrerão esquentamento.

DIÁRIO DO SERTÃO

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula