Cidades
10/11/2016 às 16h02 • atualizado em 10/11/2016 às 20h33

postado por: Jocivan Pinheiro

DER recupera estradas em Cajazeiras, e diretor nega ‘politicagem’ em atraso de obra

Atraso na recuperação de ruas e avenidas de Cajazeiras gerou especulações políticas, mas engenheiro do DER nega e esclarece

O Departamento de Estradas de Rodagem da Paraíba (DER-PB) continua recuperando estradas estaduais que ligam Cajazeiras a municípios vizinhos. De acordo com o chefe do DER em Cajazeiras, engenheiro Antônio Morais, a empresa responsável pelos serviços já concluiu uma estrada e está trabalhando em duas.

VEJA TAMBÉM: DER inicia operação tapa buracos em Cajazeiras por uma das rodovias mais castigadas

Operários trabalhando nas estradas (Foto: Chico Xavier)

Operários trabalhando nas estradas (Foto: Chico Xavier)

Segundo ele, já foi concluída a recuperação da PB 395 – entroncamento da PB 393 para Santa Helena – e atualmente os operários estão realizando trabalho de limpeza e recuperação da malha asfáltica (tapa buracos) da PB 400 e da PB 393.

Ao concluir essas duas estradas, o DER inicia a operação tapa buracos da PB 417 – entroncamento da BR 230 com Bom Jesus – e da PB 348 – entroncamento da BR 230 até São José da Lagoa Tapada.

“Como Cajazeiras é uma cidade polo e tem uma imprensa muito ativa, as reclamações recaem sempre na cidade de Cajazeira. Mas nós não estamos parados”, garante o engenheiro.

Recuperação das avenidas de Cajazeiras

Recentemente o Governo do Estado anunciou que já havia superado a etapa de licitação para contratar a empresa que vai recuperar a malha asfáltica de algumas ruas e avenidas de Cajazeiras, mas a obra ainda não começou.

O atraso gerou especulações de ordem política, já que a prefeita Denise Albuquerque (PSB), que foi candidata a reeleição apoiada pelo governador, perdeu o pleito. No entanto, Antônio Morais afirma que os motivos do atraso da obra não são políticos, mas sim financeiros.

“Não é problema político. A informação que eu tenho é que quando tiver recursos, o Governo irá emprenhar e essa obra será executada o mais rápido possível.”

DIÁRIO DO SERTÃO

Deixe seu comentário