header top bar

section content

DER inicia operação tapa-buracos em CZ por uma das rodovias mais castigadas da região

Operação começou no trecho que liga Cajazeiras a São João do Rio do Peixe

Por Jocivan Pinheiro

15/08/2016 às 16h01 • atualizado em 15/08/2016 às 16h02

Operação começa pela PB 393

Operação começa pela PB 393

Como havia anunciado há cerca de duas semanas o engenheiro Antônio Morais, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) deu início a uma grande operação tapa-buracos que vai abranger as principais rodovias estaduais que ligam Cajazeiras a outros municípios da região.

A operação começou nessa semana pela PB 393, uma das mais castigadas e mais criticadas pelos motoristas. Os serviços estão acontecendo primeiro no trecho que liga Cajazeiras a São João do Rio do Peixe.

.

VEJA TAMBÉM

» Senador solicita que Exército assuma primeira parte da duplicação da BR 230

» Motoristas interditam rodovia na região de Cajazeiras e pedem providências do DER

Em seguida, a operação segue para o município de São José da Lagoa Tapada, mas também passará pelo trecho que liga Brejo das Freiras a Santa Helena para a realização do trabalho de roço nas laterais da estrada (capinação para melhorar a visão dos motoristas).

Outra boa notícia é que o DER contratou os serviços de uma empresa do Rio de Janeiro para melhorar a malha asfálticas de todas as rodovias estaduais.

Nessa região, a empresa vai priorizar o trecho da PB 400 que liga Cajazeiras e São José de Piranhas; a PB 420 no entroncamento da BR 230 com Cachoeira dos Índios; e o trecho da BR 230 que vai de Cajazeiras a Cachoeira dos Índios.

DIÁRIO DO SERTÃO

DIÁRIO ESPORTIVO

VÍDEO: Na TV, dirigentes do Atlético de Cajazeiras explicam contratações fechadas e outras que ‘melaram’

NOVAS CRÍTICAS

VÍDEO: Para líder católico de Cajazeiras, o Nordeste será “um recanto esquecido” por Bolsonaro

CLIMA DE EMOÇÃO

VÍDEO: Amigos e familiares destacam o legado de Dr. Toinho durante velório do advogado em Cajazeiras

ECONOMIA

VÍDEO: Com fila zerada, Bolsa Família injeta quase R$ 2 milhões por mês em Cajazeiras, diz coordenador