header top bar

section content

Cajazeiras: Moradores dizem que estão tomando água de esgoto e culpam a CAGEPA

Gerente regional da Cagepa em Cajazeiras nega que o órgão tenha feito ligação de rede de consumo com rede de esgoto.

Por Jocivan Pinheiro

08/02/2017 às 15h33 • atualizado em 08/02/2017 às 16h17

Os moradores de um edifício localizado na Rua Irmã Fernanda Marabello, nas imediações do Campus da UFCG de Cajazeiras, estão reclamando que a água que abastece o prédio tem chegado aos apartamentos com aspecto escuro e cheiro insuportável.

Segundo a professora Cristina Novikoff, que mora no edifício há oito meses, os moradores vinham consumindo a água normalmente, até que notaram o mau cheiro, que aumentava cada vez mais. Ela conta que uma vizinha teria descoberto que a rede que abastece o prédio teria sido ligada a uma rede de esgoto durante uma obra na rua.

VEJA MAIS: Água de Lagoa do Arroz começa a abastecer a zona norte de Cajazeiras

Água que sai das torneiras no referido edifício

Com receio de usar o líquido e sofrendo até ânsia de vômito, Cristina decidiu comprar água mineral para a lida diária, mas ela reclama que financeiramente não dá para continuar com esse gasto.

– Nós compramos galões de água mineral para podermos consumir, tomar banho, nos higienizar, cuidar da louça, da comida, mas é inviável ficar comprando galões de água. Eu mesma não pretendo continuar aqui até que esse problema seja resolvido – disse a professora.

Mau cheiro da água é muito forte, segundo moradores

O OUTRO LADO
O gerente regional da Cagepa em Cajazeiras afirmou que já sabia do problema e já enviou técnicos para normalizar a situação. No entanto, ele nega que o órgão tenha feito ligação de rede de consumo com rede de esgoto.

– Que a Cagepa estava distribuindo água com esgoto não é dessa forma. Em algum momento a água pode ter chegado à residência com alteração e por alguns minutos pode não ter atendido à portaria. Como se verificou que nos reservatórios tinha água armazenada com essa característica, nós, em parceria com os moradores e a imobiliária, fizemos o descarte dessa água, a desinfecção dos reservatórios, disponibilizamos água de qualidade em ato contínuo e acreditamos que agora a questão vai se normalizando – declarou.

Cleudismar Alexandre (Nenem da Cagepa), gerente regional da Cagepa em Cajazeiras

Cleudismar Alexandre (Nenem da Cagepa) alega que o problema pode ter ocorrido porque o prédio fica numa das áreas mais altas da cidade, onde geralmente são instaladas as ‘pontas de redes’, e nelas ocorre acúmulo de resíduos de alguns materiais que ficam presos em partes da tubulação. Para evitar esse acúmulo, segundo Nenem, a Cagepa vai interligar ou estender a rede no referido local.

DIÁRIO DO SERTÃO

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan