header top bar

section content

Rodrigo Faro fez três exames de DNA após ser acusado de renegar filha fora do casamento; exame afirma que ele não é o pai

Cíntia Gomes alegou nas redes sociais que apresentador tem filha fora do casamento; processo é de 2004 e já foi encerrado

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

22/06/2016 às 14h05

Rodrigo Faro não é pai da filha de Cíntia Gomes, que alegou relacionamento com o apresentador em 1997 (Foto: Edu Moraes/Divulgação)

Uma antiga polêmica voltou para atormentar Rodrigo Faro nesta semana. O apresentador foi gravar um quadro na cidade Araranguá, em Santa Catarina, no fim de semana e foi surpreendido com a alegação de Cíntia Gomes, que postou nas redes sociais: “É um absurdo, o cara vem na cidade onde mora a filha dele se fazer de bonzinho, ajudando os outros, mas a filha que é bom nada. PS: A vida um dia vai se arrepender, pois tem um Deus que não falha”.

Procurada a assessoria de imprensa de Faro esclareceu o caso. Em 2004, Cíntia entrou na Justiça afirmando que o apresentador, na época ator da Globo, era pai de sua filha de seis anos – hoje com 18 anos. Três exames de DNA foram realizados e a paternidade de Rodrigo não foi confirmada; o caso foi concluído em 2008.

No processo disponibilizado pela equipe de Rodrigo Faro, consta que Cíntia “à época com 15 anos de idade, em dezembro de 1997, na cidade catarinense de Sombrio, compareceu a um espetáculo musical, com a presença do ator televisivo, ora investigado, de quem era fã ardorosa e com quem se encontrou após o show, tocada pelos atrativos físicos do famoso artista da Rede Globo de Televisão. Em tal encontro, alega a autora que sua mãe, iludida pelas promessas de casamento que lhe fez o galã, cedeu aos seus apelos sensuais, vindo a com ele manter congresso carnal”.

Cíntia ainda alegou no processo que o romance durou algum tempo, mesmo à distância, pois Faro morava no Rio de Janeiro. “Entretanto, tais correspondências cessaram, quando o investigado veio a saber da gravidez de sua mãe”, aponta.

Com o nascimento da menina, a mãe entrou na Justiça para o reconhecimento da paternidade e o pedido de uma pensão de R$ 3 mil mensais. Acontece que “o investigado [Faro] negou envolvimento amoroso com a mãe da investigante, a quem disse sequer conhecer, até porque jamais esteve na cidade de Sombrio, em dezembro de 1997”. Dessa forma, o apresentador, em um primeiro momento, negou-se a fazer o exame de DNA, assim como o pagamento da pensão.

Mas como Cíntia continuou alegando a paternidade de Faro, ele finalmente fez o exame, que teve o resultado negativo contestado pela mãe da menina. Mais dois testes de DNA foram feitos e ambos deram negativo. Por isso, em fevereiro de 2008, um juiz de Florianópolis declarou que Rodrigo Faro não é o pai da jovem de 18 anos. O processo pode ser consultado online na íntegra.

“Quero que minha filha tenha um pai”
Em outra postagem nas redes sociais, Cíntia divulgou foto com o documento que obrigava Faro a pagar uma pensão no valor de R$ 3,6 mil (quando ele se recusou a fazer o primeiro teste de paternidade) e esclareceu que não buscava fama.

“Pessoal se fosse só por dinheiro ou fama, eu já tinha a tempo. Há 15 anos ele tentou calar meu silêncio [sic], mas eu não quis porque só quero que minha filha tenha um pai. Ai acho um absurdo ele vem na minha cidade e nem se quer vem ver a filha (sic)”.

IG

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan