header top bar

section content

BBB afirma que inventou ter matado um homem para se aparecer no programa

Carioca acredita na vitória de Cézar ou Rafael

Por

11/03/2015 às 08h00

Foram exatos 45 minutos do momento em que Luan deixou a casa, até o carioca encontrar a imprensa n

Foram  exatos 45 minutos do momento em que Luan deixou a casa, até o carioca encontrar a imprensa numa sala reservada no Projac, na Zona Oeste do Rio, nesta madrugada de quarta-feira (11). E, logo na primeira pergunta – sobre a veracidade dele ter assassinado um jovem durante uma incursão no Complexo do Alemão, na Zona Norte carioca, quando era do Exército – Luan surpreendeu.
 
“Na verdade, não houve essa experiência. No calor do jogo, pra ter o que falar diante de tantas pessoas com tantas histórias, eu inventei isso. Foi para sobressair, pra ter um destaque na galera. As pessoas tinham o que contar e eu não tinha”, disse o rapaz de 24 anos.
 
Todo o tempo justificando ser muito brincalhão, e por isso não ter entendido como voltou de dois paredões e agora, no terceiro, ter sido eliminado, ele comentou os “enganos” com o nugget e os chicletes, pegos sem permissão, e que causaram punição.
 
“Na hora da travessura eu não me ligava em nada, nem nas câmeras. O chiclete, não desmenti o Bial (após mostrar imagens de Luan escondendo e posteriormente jogando fora a goma de mascar, Bial o perguntou pelo ocorrido e o carioca disse que não aconteceu). Eu não me lembrava na hora que ele perguntou, só fui mexer na minha calça (onde escondeu o doce) no outro dia. A gente era advertido e era até engraçado”, justificou.
 
Luan foi ainda sabatinado sobre a afirmação, ainda no segundo dia de confinamento, de que "negro rouba". Dita durante o jantar, a frase repercutiu mal.
 
“Foi questão da brincadeira! Brinco assim com meus amigos!”, garantiu.
 
Outra afirmação dele durante o jogo, de que já havia batido tanto num homem ao ponto de causar um desmaio na pessoa, também foi comentada.
 
“Quem nunca brigou na vida? Se vocês não revidar, você acaba apanhando”
 
Sem planos profissionais após 50 dias de confinamento, Luan aposta na vitória masculina.
 
“Rafael ou Cézar será campeão. São muito fortes ali”.

O Fuxico

Tags:
NO ACÚSTICO DIÁRIO

VÍDEO: Músico que foi atingido por um tiro em São José de Piranhas se emociona ao relatar o fato

NESTE FIM DE SEMANA

VÍDEO: Comerciante africano traz a Cajazeiras feira popular de São Paulo que vende pela metade do preço

DIRETO AO PONTO

Nutricionista sousense fala sobre a hipertensão e ensina receita de sal de ervas

VÍDEO!

Diário esportivo fala sobre os craques da Copa do Mundo e o futebol amador da cidade de Cajazeiras