Esportes
13/11/2016 às 22h00 • atualizado em 13/11/2016 às 18h59

postado por: Estagiário

Atletas e embaixadores se unem para coletar lixo na praia, em João Pessoa

Liderados por Ricardo, Mariany Nonoka e Gilda Oliveira, atletas e técnicos dos Jogos Escolares participaram da ação social na Praia do Cabo Branco neste domingo

Ricardo, Mariany Nonoca e Gilda Oliveira comandaram a coleta de lixo na praia (Foto: Wagner Carmo/Exemplus/COB)

Tema de interesse global, a sustentabilidade também é levada a sério nos Jogos Escolares da Juventude, que estão sendo disputados em João Pessoa por atletas-alunos com idades entre 15 a 17 anos. Com o objetivo de chamar atenção para a importância da preservação ambiental e do descarte do lixo de forma consciente, o Comitê Olímpico do Brasil (COB), organizador da competição, realizou neste domingo um mutirão de limpeza de lixo na Praia de Cabo Branco. A ação teve a presença do campeão olímpico de vôlei de praia em Atenas 2004, Ricardo Santos, que é um dos embaixadores dos Jogos Escolares. Ele esteve ao lado de outras duas embaixadoras – Mariany Nonoka, do tênis de mesa, e Gilda Oliveira, da luta olímpica – que se juntaram também a atletas, treinadores e à população que frequentava a orla da capital paraibana.

Morador de João Pessoa, Ricardo tem na praia seu local de trabalho, por isso elogiou bastante a iniciativa do COB.

– Acho essa ação de limpeza da praia muito importante. É obrigação de cada um cuidar dos resíduos que produz, principalmente em um local aberto. Eu, que vivo e trabalho na praia, sei o que realmente é esse processo de deixar uma praia limpa. Sempre, um dia após um feriado ou fim de semana tem muito lixo. Temos que conscientizar a todos para que possam também estarem limpando o que produzem de sujeira na praia – afirmou Ricardo, que confessou já ter se machucado por causa de dejetos deixados na areia.

– As pessoas trazem alimentos, espetinhos e às vezes acabam deixando na areia. É um perigo muito grande até para crianças que estão brincando. As pessoas têm que ter consciência para que isso passe a não acontecer mais – acrescentou o campeão olímpico.

Todo o lixo coletado na praia neste domingo foi levado por uma cooperativa para reutilização. Além do recolhimento de lixo na praia, duas ações simbólicas e educativas de plantios de árvores serão realizadas durante a realização do evento em João Pessoa. Assim como já aconteceu nesse sábado, na próxima quinta-feira serão plantadas mudas de árvores na região do Centro de Convenções da Paraíba, como uma compensação ambiental dos impactos causados pelo evento. Para que os resultados sejam efetivos, foi assumido um compromisso com a Secretaria de Meio Ambiente do Estado para que nos próximos seis meses sejam plantadas mil árvores na cidade.

– As ações de sustentabilidade já são uma marca dos Jogos Escolares da Juventude. Trabalhamos em três frentes: educação ambiental, separação de resíduos e a neutralização de carbono. Hoje estamos com essa ação do mutirão de limpeza da praia, onde a mensagem mais importante que queremos deixar é uma ideia de educação e de que cada um deve ser responsável pelo resíduo que gera. Essa é uma responsabilidade nossa. Estamos trabalhando aqui com jovens de todo o Brasil e nosso objetivo é que eles se tornem multiplicadores dessas informações que estão absorvendo e da aquisição de novos hábitos e atitudes para o bem da sociedade. Nossa preocupação não é só com a detecção de jovens talentos para o esporte, mas sim de formar cidadãos responsáveis e conscientes – afirmou a coordenadora de Sustentabilidade dos Jogos Escolares da Juventude, Cristiana Lobo.

Nas últimas edições dos Jogos Escolares da Juventude, mais de dez toneladas de material reciclável foram doados para cooperativas, mais de três toneladas de resíduo orgânico foram encaminhados para a compostagem, além da redução da quantidade de lixo descartado em aterros sanitários, capacitação de funcionários que atuam na limpeza, cozinha e restaurante, e plantio de mais de duas mil árvores nativas da Mata Atlântica visando neutralizar o dióxido de carbono emitido durante os eventos.

GLOBO ESPORTE

Deixe seu comentário




Mais Esportes