header top bar

section content

Romário pode perder carta de motorista por causa da ‘Lei Seca’

Senador ainda pode recorrer por caso de embriaguez ao volante

Por

06/11/2015 às 16h06

Ex-esportista e atual Senador Romário (Foto: José Cruz)

O senador Romário poderá perder sua carteira de motorista por ter dirigido sob influência de álcool, revelou o Detran do Rio de Janeiro nesta quinta-feira (5). Segundo o órgão, o processo sobre um flagrante em uma blitz policial no dia 26 de fevereiro de 2012 foi encerrado no dia 22 de outubro, mas só foi divulgado ontem. Naquele dia, ele foi parado por agentes na Barra da Tijuca e precisou chamar um motorista para não ter seu carro guinchado.

Em nota, o Detran informou que o "senador ainda pode apresentar sua defesa às juntas administrativas de recursos de infrações até o dia 11 de dezembro. Se tiver a sua defesa indeferida pela Jari, o parlamentar ainda terá direito a um último recurso ao Conselho Estadual de Trânsito". Se o ex-jogador, que não quis comentar o caso, não apresentar defesa até a data final, ele deverá entregar sua carteira ao órgão e não poderá dirigir pelos próximos 12 meses.

epocanegocios.globo.com

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’