header top bar

section content

Delegado fala sobre tiros na casa do candidato a prefeito Tyrone e inquérito será concluído em 30 dias: “É um caso muito difícil”. VÍDEO!

Os agentes estão em diligências investigativas buscando a autoria do fato, algumas pessoas já prestaram esclarecimentos. Confira!

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

29/09/2016 às 07h49 • atualizado em 29/09/2016 às 08h07

O delegado da polícia civil, Diego Beltrão, que foi designado para trabalhar na investigação do atentado contra a residência do candidato a prefeito de Sousa, Fábio Tyrone, concedeu entrevista nesta quarta-feira (28) ao Diário do Sertão e falou sobre o caso.

Segundo o delegado da polícia civil, os agentes estão em diligências investigativas buscando a autoria do fato, algumas pessoas já prestaram esclarecimentos sobre o que aconteceu, em breve pretendem chegar ao responsável pelos disparos.

“Durante as imagens de câmeras de segurança foi constatada uma pessoa em uma moto. Estamos verificando para tentar identificar quem é essa pessoa e averiguar se foi ela quem efetuou os disparos. No dia do fato foi requisitado a perícia e foi encontrado alguns projéteis. Agora é esperar o laudo com a prova técnica para tentar alguma conclusão e onde foram efetuados os disparos e outros detalhes que vão ajudar na investigação”, disse.

Polícia Civil esteve no local do fato (foto: Facebook)

Polícia Civil esteve no local do fato (foto: Facebook)

Ainda conforme Beltrão, irá fazer um cruzamento de informações nos casos do atentados com bombas em residências de militantes de Tyrone. “Estamos averiguando se pode ou não ter relação com os disparos. O inquérito policial tem 30 dias e ainda poderá ser prorrogado”, destacou.

O caso
A casa do candidato a prefeito de Sousa pela oposição, Fábio Tyrone (PSB) foi alvejada a tiros por volta das 23:40h deste domingo (18). A residência fica localizada na rua Dr. Thomaz Pires, no bairro Estreito na cidade de Sousa. Ninguém ficou ferido.

Fábio Tyrone acionou a polícia militar (foto: Facebook)

Fábio Tyrone acionou a polícia militar (foto: Facebook)

De acordo com a polícia militar, o candidato estava em casa com a família quando escutou barulho de bombas (fogos de artifício), mas em seguida ouviu som de disparos de arma de fogo. Foi constatado que os tiros atingiram as janelas de três quartos além da parede da frente de um dos quartos.

DIÁRIO DO SERTÃO

DIÁRIO ESPORTIVO

DIÁRIO ESPORTIVO: Tudo que rolou no Campeonato Brasileiro e o resumo da rodada do Paraibano

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Mensagem de Esperança com Rodrigo Almeida e Nelson Dantas

ENTRETENIMENTO

ASSISTA: Forró das Gatas de Aurora no Ceará agita programa de Maria Calado e bate recorde de audiência

EFEITO IMEDIATO

VÍDEO: Após protesto nas ruas, chefe da PM anuncia ações para combater o crime em São João do Rio do Peixe