header top bar

section content

Polícia prende duas pessoas acusadas de promover tiroteio em bairro da cidade de Cajazeiras; Mulher é apontada por efetuar os disparos

Os presos são investigados por tentativa de homicídio, quando um jovem foi alvejado por disparos de arma de fogo efetuado pela mulher.

Por Luzia de Sousa

26/06/2017 às 07h50 • atualizado em 26/06/2017 às 07h52

Presos pelo GTE de Cajazeiras (Foto: Polícia Civil)

A Polícia Civil de Cajazeiras, através do Grupo Tático Especial, cumpriu três mandados de prisão nesse domingo (25). As prisões foram cumpridas no Bairro São Francisco, zona sul da cidade de Cajazeiras e foram presas as pessoas um homem e uma mulher.

+ Tiroteios em bairro de Cajazeiras deixa quatro pessoas feridas a bala; Dupla de carro promove dois tiroteios em menos de duas horas

Os presos são investigados pela tentativa de homicídio ocorrida no dia 26/05/2017, quando um jovem foi alvejado por disparos de arma de fogo efetuado pela mulher no mesmo bairro.

Na ocasião dos fatos, o companheiro da executora, segundo a polícia, participou dos atos criminosos, motivo pelo qual também foi expedido mandado de prisão contra ele, que já estava recolhido na Penitenciária Regional Padrão de Cajazeiras, sendo notificado do mandado pelos policiais civis.

As investigações apontam que a motivação do crime gira em torno de disputa de território pelas associações para o tráfico daquela região. A Polícia Civil continua com o trabalho investigativo para coibir ações criminosas como esta, onde conta com a participação da população através do disque 197.

DIÁRIO DO SERTÃO

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os organizadores do 1º Eco pedal e o garoto prodígio do futebol Luiz Felipe

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Maria Vitória e Rodrigo Almeida 11.08.2017

INTERVIEW

Educadora fala da infância difícil e sua trajetória de sucesso: ‘Faltava dinheiro, mas não alegria’