header top bar

section content

Câmara derruba salários de vereadores de quase R$ 3 mil para um salário mínimo

A Câmara que é composta por nove vereadores pagará apenas um salário mínimo a cada eleito, com exceção do presidente da Casa.

Por Luzia de Sousa

18/06/2016 às 12h55 • atualizado em 18/06/2016 às 21h20

A Câmara Municipal da cidade de Água Branca, no Sertão do estado, aprovou nessa sexta-feira (18), um projeto de lei que reduz os salários de vereadores. A medida passará a vigorar na legislatura 2017/2020.

VEJA MAIS

Vereadores são barrados após projeto para cortar os próprios salários, dos prefeitos, vice e secretários

Deputado defende união das oposições em Patos e ataca Nabor: “Ele é investigado pela PF”

Governo Ricardo Coutinho libera R$ 350 mil para compra de equipamentos de UPA do Sertão

De acordo com o projeto, o vereador ganhará apenas um salário mínimo vigente e o presidente da Casa Legislativa terá subsídios de dois salários mínimos.

A câmara sertaneja é a primeira do Brasil a conseguir aprovar o projeto de redução salarial dos vereadores.

O presidente da Câmara, Miraci de Sousa (Mira) usou as redes sociais para comemorar a aprovação do projeto. “Hoje é um dia histórico para o município de Água Branca”, escreveu o vereador.

O salário atual do vereador de Água Branca está em torno de R$ 2.800, segundo dados do Tribunal de Contas do Estado. A Câmara é composta por nove vereadores.

Veja documento!

redução_salário

DIÁRIO DO SERTÃO

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan