header top bar

section content

Câmara derruba salários de vereadores de quase R$ 3 mil para um salário mínimo

A Câmara que é composta por nove vereadores pagará apenas um salário mínimo a cada eleito, com exceção do presidente da Casa.

Por Luzia de Sousa

18/06/2016 às 12h55 • atualizado em 18/06/2016 às 21h20

A Câmara Municipal da cidade de Água Branca, no Sertão do estado, aprovou nessa sexta-feira (18), um projeto de lei que reduz os salários de vereadores. A medida passará a vigorar na legislatura 2017/2020.

VEJA MAIS

?Vereadores são barrados após projeto para cortar os próprios salários, dos prefeitos, vice e secretários

? Deputado defende união das oposições em Patos e ataca Nabor: “Ele é investigado pela PF”

? Governo Ricardo Coutinho libera R$ 350 mil para compra de equipamentos de UPA do Sertão

De acordo com o projeto, o vereador ganhará apenas um salário mínimo vigente e o presidente da Casa Legislativa terá subsídios de dois salários mínimos.

A câmara sertaneja é a primeira do Brasil a conseguir aprovar o projeto de redução salarial dos vereadores.

O presidente da Câmara, Miraci de Sousa (Mira) usou as redes sociais para comemorar a aprovação do projeto. “Hoje é um dia histórico para o município de Água Branca”, escreveu o vereador.

O salário atual do vereador de Água Branca está em torno de R$ 2.800, segundo dados do Tribunal de Contas do Estado. A Câmara é composta por nove vereadores.

Veja documento!

redução_salário

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

DIAS 30 E 31 DE MARÇO

VÍDEO: Comédia “Escolinha Profana”, dos criadores do “Pastoril Profano”, se apresentará em Cajazeiras

ÚLTIMOS PROCEDIMENTOS

VÍDEO: Cemitério da Zona Norte de Cajazeiras deverá ser construído ainda neste ano, afirma secretária

DE OLHO NO TURISMO

VÍDEO: Prefeito de Monte Horebe revela que está planejando festival de inverno com uma semana de eventos

FALECEU NESTE DOMINGO

VÍDEO: Sepultamento do advogado Júnior Bento é marcado por homenagens emocionantes da família e amigos