header top bar

section content

Bispo diz que cantores usam Jesus para fazerem sucesso e esquecem os pobres

Para o bispo, alguns cantores evangélicos estão deixando de ser levitas para serem apenas artistas da música e ganhar dinheiro

Por Jocivan Pinheiro

26/09/2016 às 14h00 • atualizado em 26/09/2016 às 21h30

Durante sua passagem pela cidade de São José de Piranhas há cerca de uma semana, quando sua banda animou a 13ª edição da Marcha Para Jesus, o bispo Edson Pinheiro, do Ministério Fogo no Pé, do Rio de Janeiro, criticou alguns colegas do meio da música gospel que, segundo ele, se deslumbram com o sucesso, perdem a humildade, a postura de ‘servos de Cristo’ e deixam em segundo plano a vida de pregação e de ajuda ao próximo.

VEJA TAMBÉM: Marcha Para Jesus 2016 bate recorde de público em São José de Piranhas

Bispo Edson na Marcha Para Jesus

Bispo Edson na Marcha Para Jesus

Para Edson Pinheiro, alguns cantores evangélicos estão deixando de ser levitas (termo bíblico que se refere às pessoas responsáveis pelos louvores/cânticos nas igrejas) para serem apenas artistas da música. O levita, explica o bispo, usa o louvor para pregar o Evangelho e não apenas para ganhar fama e dinheiro.

“Jesus não chamou o levita para ser artista. Nós temos uma vida como se fosse, mas a nossa postura não é para ser. Eu não sou contra o camarada ser bem remunerado porque a música dele ganhou a expansão do Brasil e o nome dele ficou em destaque. Isso é inevitável. A questão é o que ele vai fazer com a atenção das pessoas voltada para ele”, disse o líder do Ministério Fogo no Pé.

Bispo Edson Pinheiro não criticou apenas os cantores gospel. Na sua avaliação, os pastores também estão deturpando a mensagem do Evangelho, causando mais segregação do que união.

“A mensagem do Evangelho tem sido deturpada. E eu falo isso de cara limpa porque eu sou um dos remanescentes que prega o Evangelho sem máscara. O Evangelho de Jesus aproxima, não afasta as pessoas, não massacra com doutrinas, ele aproxima com amor. O Evangelho não tem a missão de elitizar as pessoas, tem a missão de que o líder chame as pessoas para Deus, não para ele.”

DIÁRIO DO SERTÃO

CASA NOVA

Locutor esportivo troca de emissora de rádio em Cajazeiras e revela mágoa: “Tomei uma pancada violenta”

NOVIDADES

VÍDEO: Novo padre da Paróquia São João Bosco confirma que pretende revitalizar a Praça Camilo de Holanda

AO VIVO NA TV

BOMBA! Ator cajazeirense revela que foi estuprado quando era coroinha de igreja: “Fui pra missa chorando” – ASSISTA!

TEM POTENCIAL

VÍDEO: Atleta cajazeirense pede ajuda pra realizar sonho de correr a São Silvestre; veja como patrocinar