header top bar

section content

Padre mantém o estilo ‘reformador’ na volta à região de Cajazeiras e já estuda mudanças

Conhecido por construir e reformar as estruturas das paróquias, padre Humberto já adiantou a aquisição de terreno no sítio Braga

Por Jocivan Pinheiro

14/03/2017 às 16h10 • atualizado em 14/03/2017 às 16h35

Em pouco menos de um mês, desde à sua chegada no dia 17 de fevereiro, quando veio do distrito de Mata Grande, em Conceição, no Vale do Piancó, onde administrava a Área Pastoral de Santa Rita de Cássia, padre Humberto Mangueira já implantou seu estilo seguro e ‘reformador’ na Paróquia São Francisco, em Monte Horebe.

Conhecido por gostar de construir e reformar as estruturas físicas das capelas, padre Humberto já adiantou a aquisição de um terreno no sítio Braga, onde provavelmente vai construir uma nova capela. Sobre esse seu perfil, ele explica que só realiza mudanças onde realmente é necessário.

“O bom administrador não é aquele que mexe nas coisas por mexer, mas aquele que renova quando precisa. Nós ainda estamos vendo a paróquia, vendo os sítios. Meu estilo é esse: atender bem as pessoas, celebrar bem e cuidar de construções e reformas de capelas, porque eu gosto.”

VEJA TAMBÉM: Bispo de Cajazeiras admite outras mudanças nas paróquias para ‘reciclar’ padres

Padre Humberto Mangueira

A popularidade de padre Humberto foi comprovada na sua posse, quando 22 padres compareceram, sendo essa a maior participação de sacerdotes na posse de um colega na história de Monte Horebe, segundo ele.

Com a missão de administrar a igreja matriz e mais 8 capelas numa área que abrange a zona urbana e 42 sítios, o padre afirma que contará com o apoio dos fiéis.

“Monte Horebe tem um povo muito bom, muito acolhedor e muito católico. Não estou encontrando nenhuma dificuldade aqui. Para o padre Humberto não está faltando nada”, declarou.

DIÁRIO DO SERTÃO

AO VIVO

Assista a programa da TV Diário do Sertão – AO VIVO

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Sara Sheyla e Nelson Dantas

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview