header top bar

section content

Servidores municipais do Sertão vão às ruas protestar por 3 meses de salários atrasados

Segundo informações, funcionários do PSF local estão com seus vencimentos atrasados desde o mês de agosto de 2011.

Por

09/11/2011 às 17h18

Os servidores públicos municipais de Itaporanga, no Vale do Piancó realizaram nesta quarta-feira (09) uma manifestação pelas principais ruas da cidade para pedir por seus três meses de salários atrasados. O protesto fez duas paradas, uma na sede da Secretaria de Saúde e outra em frente à Prefeitura Municipal.

De acordo com informações, os médicos, dentistas, enfermeiros e técnicos em enfermagem, que trabalham no PSF (Programa Saúde da Família), estão com seus vencimentos atrasados desde o mês de agosto de 2011.

A presidente do Sindicato, Suelen Mendes, denunciou que não existem as mínimas condições de continuarem trabalhando sem receber os seus salários em dias, e para agravar a situação, o gestor municipal não confirma para a categoria a data de pagamento. “Não somos voluntários do poder público, fomos todos aprovados em concurso e exigimos os nossos direitos e salários em dias”, disse a sindicalista.

O presidente da CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil na Paraíba), José Gonçalves, esteve acompanhando a mobilização e pediu esclarecimentos do gestor municipal, para o motivo do atraso de salários por três meses consecutivos aos profissionais de saúde do município. O diretor da FETRAM (Federação dos Trabalhadores Públicos Municipais da Paraíba) e presidente do Sindicato dos Agentes de Saúde e de Endemias do Vale do Piancó, Manoel Miguel, apoiou a luta dos servidores da saúde.

O movimento contou com apoio dos vereadores Francisco Saulo e Herculano Pereira, que marcaram presença na manifestação, e do vereador José Valeriano, que não pode comparecer, mas que estava também apoiando a luta dos servidores da saúde.

A presidente do SISPUM- Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itaporanga está orientando todos os servidores a paralisarem suas atividades na próxima quinta e sexta-feira, como uma forma de sensibilizar o gestor para resolver a situação.

O prefeito de Itaporanga, Djaci Brasileiro, assim como a secretária de Saúde do município, não se manifestaram sobre o assunto.

DIÁRIO DO SERTÃO com informações de Marcos Nascimento

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula