header top bar

Francisco Inácio Pita

section content

A nova gestão

19/01/2021 às 14h44

Coluna de Francisco Inácio Pita

Por Francisco Inácio Pita

O Brasil tem 5.570 municípios com uma população de 211,8 milhões de habitantes, cresceu em 2020 0,77% em relação a 2019.  O município de São Paulo continua sendo o mais populoso, com 12,3 milhões de habitantes, seguido pelo Rio de Janeiro com 6,75 milhões, Brasília com 3,05 milhões e Salvador com 2,88 milhões, isso com base na última pesquisa realizada em 2019. Os 17 municípios do país com população superior a um milhão de habitantes concentram 21,9% da população nacional e 14 deles são capitais estaduais. Serra da Saudade em Minas Gerais é o município brasileiro com o menor número de moradores, apenas 776 habitantes, seguido por Borá no estado de São Paulo com 838 habitantes.

Em 2021 tem início uma nova gestão, mesmo com o prefeito reeleito, há sempre remanejamento de secretários, assessores, diretores de departamento e outros. Apenas os funcionários concursados e que já estão na função correta ficam no seu cargo a não ser que o prefeito queira mudar e o próprio funcionário tem a opção de aceitar ou não. O funcionário concursado que está exercendo a sua função correta só aceita mudança, com base na lei, se não lhe causar algum prejuízo.

Alguns fatos foram registrados na região geográfica de Cajazeiras que é formada por 15 municípios, os novos gestores, principalmente se era adversário do anterior, recebeu uma grande herança desastrosa, muitos prefeitos que perderam o mandato ou não conseguiram eleger o seu sucessor, deixaram os municípios ingovernáveis. Muitos não efetuaram pagamentos dos funcionários referentes ao 13° salário e o mês Dezembro, deixaram contas de água e luz atrasadas e em algumas prefeituras a companhia fornecedora de energia elétrica até suspendeu o fornecimento. É uma vergonha para esses administradores, pensando eles que estavam fazendo mal ao seu sucessor, mas na verdade quem será mais penalizado é o humilde funcionário municipal e o próprio povo que vai precisar de assistência médica. Quem agiu assim, não tem Deus no coração ou é um oportunista, cego pelo poder, tem desvio de mentalidade, e é na verdade um administrativo mau por natureza. Aqui vai a minha opinião, o pior que se esses salafrários forem candidatos na próxima campanha corre o risco de serem eleitos pela vontade do povo, infelizmente esses maus gestores do dinheiro público tem a manobra de voltar ao poder e continuar fazendo e desfazendo, e consequentemente, infernizando a vida de uma parte da população.

Assumir o poder e agir de forma honesta e compreensiva no Brasil é muito difícil, porque falta honestidade e respeito ao próximo da parte de muitos gestores, a grande maioria se transforma e nem se lembra do povo sofrido do seu município.

Quem poderia resolver tudo seria o próprio povo, mas inegavelmente a própria população continua sem saber votar, dificilmente esquece as ações desonestas praticadas por muitos gestores, recebem ajudas paliativas no período eleitoral, e mesmo tendo sofrido durante a gestão passada, termina voltando em políticos corruptos. A maioria dos eleitores é responsável pelo retorno do mau administrador, esse tem boa conversa, promete mudar se for eleito, e termina fazendo até pior do que fez na administração passada.  O que falta na verdade é compromisso comunitário da própria população, que deveriam se organizar em associações comunitárias e cobrar dos gestores os benefícios para todos.Enquanto o povo não se organizar, boa parte dos nossos representantes vai brincar de gerenciar dinheiro públicolevar um pouco para casa e beneficiar as pessoas próximas e familiaresE o pior, estes gestores usurpadores do dinheiro público quando denunciados recebem, na maioria dos casos, poucas punições.

Em algumas cidades de nossa região o povo já se acostumou votar nos mesmos administradores, quando muito muda são suas famílias que governam a muito tempo, só passando de um para o outro, em outras cidades tem família no poder a mais de 20 anos. Será que nessas cidades não tem outras opções? Perguntar não ofende desde de que a pergunta não atinja dignidade pessoal do indagada.

No Brasil de forma geral, ser honesto na gestão pública é muito difícil, porque a maioria quando assume o poder vem com má intenção e se junta aos veteranos do poder que já entendem todas as manobras de desvio do dinheiro do povo, ai começa a baderna geral, sendo que é quem paga a conta mesmo sem dever nada. Eu pergunto: colocar de volta pessoas que já administraram e fizeram um péssimo governo, a culpa é de quem? Apenas reflita, e na próxima eleição analise com muito cuidado e se esforça para escolher o gestor certo, ou pelos menos, o melhor entre eles. O dinheiro que eles vão gerenciar é mais nosso do que deles, dinheiro procedente dos nossos impostos que devem retornar para nos beneficiar na educação, saúde, agricultura, assistência social e outros setores da administração pública.

Francisco Inácio Pita

Francisco Inácio Pita

Francisco Inácio de Lima Pita é Radialista e Professor Licenciado em Ciências e Biologia pela UFPB e UFCG respectivamente. Atualmente é professor aposentado por tempo de serviço em sala de aula, escritor dos livros CONCEITOS E SUGESTÕES PARA VIVER BEM O MATRIMÔNIO, AS DROGAS E A RETA FINAL DA VIDA E VARIAÇÕES POÉTICAS e tem outros livros em andamentos, mora atualmente na cidade de São José de Piranhas – PB. Produz e apresenta todos os sábados o Jornal Terra News pela Rádio Terra Nova FM, 88.7 MHz. E-mail: pittadoradio@gmail.com

Contato: pita.sjp@ig.com.br

INTENSIDADE PLUVIOMÉTRICA

VÍDEO: Grande quantidade de chuva alaga diversos pontos em João Pessoa; confira fotos

VOCÊ CONCORDA?

VÍDEO: Pastor paraibano, secretário de Bolsonaro critica Decreto: ‘Abrir bares e fechar Igrejas ‘

AÇÃO RÁPIDA

VÍDEO: Policial Militar do Ceará conta detalhes de como reagiu a assalto na zona norte de Cajazeiras

ESPORTE X COVID-19

VÍDEO: em meio à pandemia, judoca alagoano realiza treinos dentro de casa: ‘Fomos obrigados’

Francisco Inácio Pita

Francisco Inácio Pita

Francisco Inácio de Lima Pita é Radialista e Professor Licenciado em Ciências e Biologia pela UFPB e UFCG respectivamente. Atualmente é professor aposentado por tempo de serviço em sala de aula, escritor dos livros CONCEITOS E SUGESTÕES PARA VIVER BEM O MATRIMÔNIO, AS DROGAS E A RETA FINAL DA VIDA E VARIAÇÕES POÉTICAS e tem outros livros em andamentos, mora atualmente na cidade de São José de Piranhas – PB. Produz e apresenta todos os sábados o Jornal Terra News pela Rádio Terra Nova FM, 88.7 MHz. E-mail: pittadoradio@gmail.com

Contato: pita.sjp@ig.com.br

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!