header top bar

Nizandro Ramos

section content

A toalha foi ou não jogada?

10/01/2010 às 15h50

Por Radomécio Leite (Twitter: www.twitter.com/radomecio)

João Pessoa A maioria dos colunistas políticos da Paraíba mantém com Cássio, uma relação de enorme respeito. Talvez por isso, tenham dedicado os artigos dos últimos dias a apresentar, de maneira mais positiva, o "Encontro de Bananeiras" protagonizado por Cássio, Ricardo e Efraim por tabela na festa da padroeira da cidade brejeira. 

Por mais esforço que façam, entretanto não há como negar que Cícero e sua pretensão costumaz de disputar governo constitui um enorme incômodo para as intenções do Cassismo/Ricardismo, que não sendo diluído, não será possível medir o tamanho da cratera que irá causar nas pretensões do socialista.
Um dos desafios nesta pré campanha, consiste exatamente nisto: transformar a insistência de Cícero, também numa derrota ideológica do modo Cícero de ver 2010. 

Esse é um lado do triângulo. 

Em outro lado, a verdade é que não há truque de marketing capaz de apresentar de maneira coerente e eleitoralmente útil, a junção desses três líderes. Ricardo tem consciência que essa aliança com os “Diferentes” como foi batizada, representa na sua principal base eleitoral muita discussão e desdobramentos desagradáveis. Tanto é que ele poderia ter apresentado Cássio de início na sua principal base, porém não ocorreu por temer prejuízos. Seria este o receio? Creio que sim. Ricardo é um político que nasceu do povo, dos movimentos sindicais, das portas de fábricas, das greves, dos camelôs, do combate aos governos vistos por ele como totalitários e sempre combateu veementemente líderes antagônicos com origens oriundas do PFL/DEM, PSDB. 

Além Paraíba, ele oferece aos planos do presidente Lula, que projeta a continuação do governo apartir de presidenciável Dilma Roussef, dois postulantes aos cargos de senadores, oriundos de partidos ferrenhos, opostos ao Planalto: Um é manchete da grande imprensa nacional acusado de ingerência nas horas extras de funcionários do senado, enquanto outro cassado pela justiça por corrupção eleitoral. Estaria a Paraíba bem representada em Brasília? 

É o flagrante que pode ser feito hoje.

Nizandro Ramos

Nizandro Ramos

Policial Rodoviário Federal. Instrutor do Departamento de Polícia Rodoviária Federal. Educador de Trânsito do Departamento de Polícia Rodoviária Federal. Tutor da Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça (SENASP/MJ). Palestrante de Projeto e Trabalho de Trânsito em Congressos Nacionais e Congressos Internacionais. Trabalhou por cinco anos na BR 381- Minas Gerais” onde atuou como Inspetor do Núcleo de Policiamento e Fiscalização.

Contato: nizandro.ramos@hotmail.com

FÉ CATÓLICA

VÍDEO: Bispo de Cajazeiras participa de Missa no túmulo de São Pedro, na Basílica do Vaticano, em Roma

ELEIÇÕES 2022

VÍDEO: Veneziano diz que chapa com Ricardo não tem ‘Plano B’ e nega conversas com Cássio e Pedro

ELEITOS EM 2020

VÍDEO: Advogado comenta decisão do TRE que determina cassação de vereadores de cidade na região de Sousa

CAMPOS IDEOLÓGICOS

VÍDEO: Enquete online do Diário do Sertão mostra que a maioria tem preferência política pela esquerda

Nizandro Ramos

Nizandro Ramos

Policial Rodoviário Federal. Instrutor do Departamento de Polícia Rodoviária Federal. Educador de Trânsito do Departamento de Polícia Rodoviária Federal. Tutor da Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça (SENASP/MJ). Palestrante de Projeto e Trabalho de Trânsito em Congressos Nacionais e Congressos Internacionais. Trabalhou por cinco anos na BR 381- Minas Gerais” onde atuou como Inspetor do Núcleo de Policiamento e Fiscalização.

Contato: nizandro.ramos@hotmail.com

Recomendado pelo Google: