header top bar

Reudesman Lopes

section content

Formação esportiva: comportamento de pais e treinador

11/09/2020 às 12h34 • atualizado em 12/09/2020 às 07h26

Coluna de Reudesman Lopes

Por João Cozac
Crianças, pré-adolescentes e adolescentes buscam diversão, prazer, realização e superação através da prática esportiva. Para isso, é fundamental contar com a atitude positiva e construtiva de pais e treinadores. Na contra mão do que se espera nesse processo, tenho acompanhado, com muita preocupação – o comportamento altamente reprovável de alguns treinadores diante das demandas psicossociais e emocionais dos jovens atletas. Muitos se esquecem dos princípios básicos da educação esportiva e focam apenas nos interesses pessoais. Professores de diversas modalidades, não raro, oferecem mais atenção aos atletas que apresentam melhores condições financeiras ou técnicas – e, deliberadamente, reduzem o apoio e a atenção aos demais. Costumo criticar as faculdades de Educação Física que – quando oferecem a disciplina “Psicologia do Esporte”, se ocupam em apresentar as fases do desenvolvimento do bebê ou até a história da Psicologia. Nada mais. Ora, não seria o caso de desenvolver nesses meses, temas associados com o lado afetivo e social dos adolescentes – a relação com pais e responsáveis – o papel educacional do professor de educação física? Faltam professores de Psicologia do Esporte ou o universo acadêmico do exercício físico ainda não despertou para a concepção integrada mente/corpo do atleta? Não acredito que a visão cartesiana mente/corpo possa prevalecer nas instituições de ensino em pleno século XXI. Seja qual for a resposta, atesto a alarmante recorrência da falta de respeito, bom senso e equilíbrio de vários treinadores e professores na iniciação esportiva dos jovens e, em seguida, no fortalecimento para ultrapassar os obstáculos do alto rendimento. Em alguns casos, fica a impressão que a agressividade e destempero de alguns professores diante das crianças e dos adolescentes reaviva o debate sobre o narcisismo e as dificuldades experimentadas pelos pais durante o crescimento dos filhos. Sim, os pais – frequentemente, se perdem emocionalmente na tentativa de acompanhar o processo de amadurecimento e libertação dos jovens adultos. Na mesma via, professores demonstram pouca habilidade na transição esportiva e profissional dos atletas. Aliás, as dificuldades e oscilações no aspecto transitório das categorias esportivas seriam amenizadas se os treinadores olhassem com mais sabedoria, tranquilidade e conhecimento para as demandas apresentadas rotineiramente pelos jovens. O crescimento esportivo de um país passa, necessariamente, pela melhor formação dos professores nas universidades acadêmicas e da vida.

Reabilitação
O Botafogo de João Pessoa conseguiu a sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro da Série C. O Belo foi a Imperatriz no Maranhão e venceu o time da casa pelo placar de 2 a 1. Com a vitória fora de casa o time paraibano somou 5 pontos e subiu para a sétima colocação. Se dentro de campo as coisas começam a se arrumar, fora dele, na política do clube, a briga pelo poder está fervendo e a preocupação do torcedor é que este clima de guerra política não consiga interferir junto aos jogadores e sua comissão técnica. O próximo compromisso do Botinha é contra o Vila Nova neste sábado dia 12, em partida a ser disputada em João Pessoa no Almeidão as 17 horas.

Cautela
A presidenta da Federação Paraibana de Futebol, Michelle Ramalho, tem adotado neste período de pandemia do Covid 19 um discurso de muita responsabilidade e cautela com relação a futuras competições oficiais patrocinadas pela entidade maior do futebol estadual. Fala que será impossível a realização de todas as competições, mas, adiantou que a sua prioridade é de realizar o Campeonato Paraibano de Futebol Feminino. A segunda divisão tem reunião agendada para os próximos dias. Michelle ainda falou da precipitação de alguns clubes em iniciar a fase de treinamentos entendendo que estes terão que fazer todos os procedimentos do protocolo de segurança e isso é de um custo alto para o futebol paraibano.

BOLA DENTRO
Para a Liga Cajazeirense de Desportos que iniciou o campeonato cajazeirense de futebol amador da segunda divisão. O trabalho de Nêgo Dias é exemplar e merece a NOTA 10!

BOLA FORA
Para o procedimento de checagem do VAR em jogos aqui no Campeonato Brasileiro. Muita demora para se chegar a uma conclusão e isso irrita a todos. Merece a NOTA 0!

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Professor da UFCG de Educação Física, Comentarista Esportivo da Rádio Alto Piranhas e Colunista Esportivo do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Contato: reudesman@bol.com.br

PRESENTE PARA CLIENTES

VÍDEO: Sandro Baterias comemora 25 anos com várias promoções; entre elas, baterias com preço de fábrica

IMPERDÍVEL!

VÍDEO: Líder Papelaria comemora 10 anos em Cajazeiras com novidades, mais descontos e sorteios de kits

FIQUE POR DENTRO!

VÍDEO: Após sucesso, Óptica Morais mantém promoções para festas de Natal e ano novo em Cajazeiras

ALERTA

VÍDEO: Urologista revela que o novo coronavírus pode ser transmitido através do esperma

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Professor da UFCG de Educação Física, Comentarista Esportivo da Rádio Alto Piranhas e Colunista Esportivo do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Contato: reudesman@bol.com.br

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!