header top bar

Reudesman Lopes

section content

O futebol de Cajazeiras em Fatos e Fotos (Parte 8)

19/11/2021 às 20h08

Duque de Caxias Futebol Clube. (Foto: arquivo).

Por Reudesman Lopes

Nesta edição o destaque ficará por conta da fundação de um dos maiores clubes do futebol amador de Cajazeiras, vamos falar do Duque de Caxias Futebol Clube que nasceu em 1968. Pois bem, para início de conversa quando formos falar do “verdão maravilha”, jamais poderemos esquecer de figuras (dirigentes) que se doaram para que este clube se tornasse uma potência, como assim o foi, durante décadas e que nos anos 80 encantasse com o refinamento do futebol extremamente técnico, grande parte dos sertões nordestinos por onde ele desfilava em partidas amistosas ou de competições futebolísticas.

Começamos a falar de figuras como Hildebrando Adriano Lopes, um senhor a quem este clube lhe deve todas as homenagens possíveis e imagináveis, e que por muitos anos o presidiu, outro grande nome, José Donato (Pelé), este senhor foi tudo no Duque, de presidente a treinador, e o que dizer de João Moreno, este era o homem dos bastidores e do campo, das quatro linhas, lembro também de Expedito Sobrinho, mas, tem dois nomes que rendemos aqui, neste espaço os agradecimentos de uma nação de torcedores apaixonados pelo verdão, são eles: José Salú Abrantes e Nivaldo.

José Salú foi o responsável pela época de ouro do clube nos anos 80, formou neste período um time que era uma “Academia de futebol do Sertão”, Nivaldo, sempre que o time precisava de um “trabalhador” para segurá-lo, ele estava para servir e ainda continua assim, por fim, enaltecer o excelente trabalho feito pelo presidente Miranda que com o seu amor pelo clube deu e continua dando uma contribuição fantástica.

Chegou portanto a hora de lembrarmos dos grandes nomes que, em campo, dentro das quatro linhas fizeram o Duque de Caxias ser uma máquina de jogar futebol e desta feita serem até hoje lembrados pela legião de fãs que este clube fez.

Vamos começar com os goleiros: Diassis, Lira, Johan, Neco. Os defensores: Nilsinho, Tonho Gobira, Pelado, Silouca, Noinha. Os meio campistas: Darlan, Beré, Nenem Mãozinha. Os atacantes: Pantica, Pioca, Toinho do Texaco, Caramelo e o craque Wilton Moreno.

Agora bateu uma imensa saudade, saudade do encanto que era ver esses meninos jogando bola e ganhando de todos os seus adversários. Finalizo dizendo que, com muita honra fiz parte desta história. Obrigado meu Deus.

Ata de fundação do Duque de Caxias.

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Professor da UFCG de Educação Física, Comentarista Esportivo da Rádio Alto Piranhas e Colunista Esportivo do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Contato: reudesman@bol.com.br

TRISTEZA

VÍDEO: Atos fúnebres dos PRFs assassinados em Fortaleza é marcado por homenagens e muita comoção

SITUAÇÃO DIFÍCIL

VÍDEO: Portador de doença rara que mora em sítio de Cajazeiras fala sobre dificuldades para tratamento

COMUNICADO

VÍDEO: CDL de Cajazeiras confirma fechamento do comércio no Dia do Comerciário; Sousa funciona normal

LUTO

VÍDEO: Cajazeirense de 16 anos perde luta contra tumor na cabeça e morre em hospital de João Pessoa

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Professor da UFCG de Educação Física, Comentarista Esportivo da Rádio Alto Piranhas e Colunista Esportivo do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Contato: reudesman@bol.com.br

Recomendado pelo Google: