header top bar

Renato Abrantes

section content

O meu próximo

11/08/2011 às 00h00

                         

As pessoas, hoje, não se reconhecem mais umas nas outras. O próximo, que deveria ser o nosso espelho, e mesmo o nosso caminho para Deus, no mais das vezes, é nosso estorvo. Aquele que deveria mostrar-me a mim é aquele que mais me afasta de mim mesmo.

Dos mandamentos divinos, ocupa lugar primordial o “amar ao outro como a si mesmo”. Contudo, o que se constata, em mim e em você, é o “amar-me mais que a tudo e a todos”. Verdade que temos de ter uma boa dose de amor próprio. Se assim não fosse, descuidaríamos de nós mesmos.

Deve haver, portanto, uma conciliação, um ponto de equilíbrio entre o amar-se e o amar aos outros. A caridade começa em casa, consigo. Cuidar-se, repousar, higienizar-se, entre tantas outras “auto-atividades”, são deveres morais e sociais. Mas, não nos esqueçamos: cuidar do outro, assumir suas dores, tomar suas preocupações também são deveres que nos impelem a buscar, a ir.

Quem é o meu próximo? Essa pergunta já foi feita ao Mestre Jesus, que nos legou maravilhosa lição. A parábola do Bom Samaritano. Ao que jazia machucado na estrada, poucos deram atenção. Apenas um parou seus afazeres (a sua viagem), debruçou-se sobre o miserável e dedicou-lhe até mesmo o que não podia. O caído era um judeu, o que ajudou era samaritano: inimigos culturais.

Quem é o meu próximo? A resposta está dada. Cabe a nós identificar não apenas os que estão à nossa volta. Bem verdade que o próximo pode estar ao meu lado, mas, também é verdade que o próximo pode estar a milhares de quilômetros, sofrendo e esperando por ajuda.

A África, como sempre, passa por grave crise humanitária. No chamado “chifre da África” (Somália, Etiópia, Djibuti) a fome, agravada pela seca, já matou milhares e ameaça cerca de 12 milhões de pessoas. Prefere-se, contudo, dar mais atenção à crise econômica norte-americana que, naturalmente, também tem sua importância e influência em nossas vidas, mas certamente muito pouca na vida de quem não tem mais nada que comer.

Quem é meu próximo? A resposta está dada.
 


 

 

 

Renato Abrantes

Renato Abrantes

Advogado (OAB/CE 27.159) Procurador Institucional da Faculdade Católica Rainha do Sertão (Quixadá/CE)

Contato: moreirabrantesadv@gmail.com

CAPTURADA

VÍDEO: jiboia de um metro e meio é encontrada embaixo de carro no município de Patos

JÁ SÃO 20 MORTES

VÍDEO: Secretaria de Saúde de Cajazeiras confirma mais dois óbitos em decorrência do novo coronavírus

APÓS DENÚNCIAS

VÍDEO: Procon de Cajazeiras notifica Caixa Econômica por problemas em terminais de autoatendimento

EXPECTATIVA ALTA

VÍDEO: Para Chico Mendes, Cajazeiras pode ser a cidade mais bem administrada da PB por Marquinhos Campos

Renato Abrantes

Renato Abrantes

Advogado (OAB/CE 27.159) Procurador Institucional da Faculdade Católica Rainha do Sertão (Quixadá/CE)

Contato: moreirabrantesadv@gmail.com

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!