header top bar

Renato Abrantes

section content

O preço da paz

05/10/2011 às 00h00

                                                                                             

Poucos conhecem os dados – não revelados – pelos Estados Unidos da América, no que tange os gastos militares. A Guerra do Golfo significou despesa de 290 bilhões de dólares (o equivalente a 300 milhões de dólares por dia). A Guerra ao Terror (incluindo, aqui, os gastos com a defesa interna), que levou à captura do Osama Bin Laden, soma aproximadamente 1,283 trilhão de dólares (não dá nem pra pensar…). A título de comparação, o conflito mais oneroso da história para os norte-americanos foi a Segunda Guerra Mundial, com a estimativa de custos na marca de 4,1 trilhões de dólares.

Enquanto isso, quase metade da população mundial (2,8 bilhões de pessoas, ou seja, 1 a cada 3 habitantes) sobrevive com menos de 2 dólares por dia. 800 milhões de serem humanos, dos quais 150 milhões são crianças, estão subnutridas. E, a cada sete segundos, uma criança morre de fome.

Para cada 1 dólar que a ONU investe em paz, as nações do mundo investem 2 mil dólares em guerra. Os custos bélicos mundiais de 01 dia poderiam matar a fome de todos os famintos do mundo durante 04 dias.

Porque a PAZ é tão cara?

SIGNIFICADO DOS NOMES (II)

Beatriz – aquela que faz os outros felizes
Benedita – abençoada
Benigna – a que é protegida
Bianca – alva, clara
Bruna – escura, parda
Bárbara – estrangeira

Renato Abrantes

Renato Abrantes

Advogado (OAB/CE 27.159) Procurador Institucional da Faculdade Católica Rainha do Sertão (Quixadá/CE)

Contato: moreirabrantesadv@gmail.com

AVANÇO NA EDUCAÇÃO

VÍDEO: Prefeita Denise Bayma entrega nova fachada e duas novas salas na Escola Maria do Carmo Gonçalves

PAIS DE CORAÇÃO

VÍDEO: Advogado comenta sobre paternidade socioafetiva e reconhecimento nos cartórios

DEBANDADA

VÍDEO: Deputado Taciano Diniz explica por que deixou a base do governador para apoiar Veneziano

CANDIDATOS OU NÃO?

VÍDEO: Radialista desabafa contra políticos paraibanos que insistem em tentar recursos na Justiça

Renato Abrantes

Renato Abrantes

Advogado (OAB/CE 27.159) Procurador Institucional da Faculdade Católica Rainha do Sertão (Quixadá/CE)

Contato: moreirabrantesadv@gmail.com

Recomendado pelo Google: