header top bar

Rodrigo Limeira

section content

Os cuidados ao usar o Benjamin (T) de tomada

19/11/2017 às 13h25

O tão popular Benjamim também chamado de ” T “de tomada, é um dispositivo elétrico cuja função é permitir que numa mesma tomada, vários eletroeletrônicos sejam ligados.

Porque o “T ” se chama benjamin? Este nome benjamin é em homenagem ao cientista e ex-presidente americano Benjamin Franklin que contribuiu com muitas invenções e estudos na História da Eletricidade.

O uso de benjamin é amplamente usado pelos consumidores de energia elétrica, principalmente no Brasil onde se dá pouca importância às recomendações dos projetos de instalação elétrica. A princípio, desde que tomadas todas as medidas de segurança, seu uso não é o problema. O problema é quando ele é usado de maneira inadequada.

Para o físico especialista em eficiência energética (economia e segurança no uso da energia elétrica) Rodrigo Cézar Limeira, o “T” deve ser utilizado seguindo alguns cuidados:

– Não conectar no “T” eletroeletrônicos muito potentes, ou seja, não concectar no T aparelhos que consomem muita energia elétrica, pois podem gerar sobrecarga e aquecimento no benjamim e consequentemente um incêndio.

Quem seriam então aparelhos elétricos potentes: secadora, forno de microondas, secador de cabelos, ferro elétrico, chapinha, pranchinha e etc…

Conecte ao benjamim (T) apenas eletroeletônicos pouco potentes, ou que gastam pouca energia como radio, liquidificador, ventilador pequeno, receptor de antena, tvs e etc…

O estudioso recomenda ainda, não conectar todas as entradas do benjamim com eletreletrônicos, ou seja, o consumidor deve deixar pelo menos uma entrada do T sem ser utilizada, também para evitar uma sobrecarga de energia.

Para o físico, é necessário adquirir o “T” de tomada sempre em lojas de material elétrico especializado, seguindo as normas de segurança, já que os produtos vendidos nesses estabelecimentos vêm com nota fiscal, nome do fabricante e etc… garantindo assim maior confiabilidade na procedência do produto. O consumidor deve comprar equipamentos elétricos confeccionados seguindo normas de qualidade, isso ajuda a evitar acidentes, afirma o estudioso.

Evite adquirir equipamentos elétricos de forma clandestina, pois o risco de acidentes é maior. As lojas de materiais de construção geralmente trazem equipamentos elétricos com boa procedência, e que podem oferecer mais segurança ao consumidor.

Rodrigo Limeira

Rodrigo Limeira

Rodrigo Cézar Limeira
Formado em Física pela Faculdade Chaffic – São Paulo/SP – 2012;
Formado em Meteorologia pela UFCG – C. Grande/PB – 2006;
Mestre em Meteorologia pela UFCG – C. Grande/PB – 2008;
Físico do NEPEN (Núcleo de Estudos e Pesquisas do Nordeste) de Julho de 2012 à Março de 2015, Editor do Portal Ciência em Foco: (www.cienciaemfoco.com) e Consultor de Clima da Empresa Federal Energia desde Dezembro de 2015.

Recomendado para você pelo google

TRAGÉDIA

VÍDEO: Comandante da PM lamenta morte de vereador e diz que assassinos são conhecidos no crime

VÍDEO

Padre convoca população para manifesto pelo Parque de Exposições na visita do governador a Cajazeiras

VÍDEO

Jornalista ‘aposta’ em união de João Azevêdo e Cartaxo para derrotar Ricardo Coutinho em JP

VÍDEO

Capitão da PM conta que vítima de tiros em Cajazeiras fez revelação sobre crime antes de morrer

Rodrigo Limeira

Rodrigo Limeira

Rodrigo Cézar Limeira
Formado em Física pela Faculdade Chaffic – São Paulo/SP – 2012;
Formado em Meteorologia pela UFCG – C. Grande/PB – 2006;
Mestre em Meteorologia pela UFCG – C. Grande/PB – 2008;
Físico do NEPEN (Núcleo de Estudos e Pesquisas do Nordeste) de Julho de 2012 à Março de 2015, Editor do Portal Ciência em Foco: (www.cienciaemfoco.com) e Consultor de Clima da Empresa Federal Energia desde Dezembro de 2015.