header top bar

Reudesman Lopes

section content

Reabilitar é a palavra de ordem

15/02/2019 às 09h15

Coluna de Reudesman Lopes

A derrota para o Sousa lá no Marizão já faz parte do passado, claro, ninguém gosta de perder para o Dino, o time, pelos comentários daqueles que estiveram em Sousa, jogou bem mesmo sendo derrotado, mas, o futebol é assim mesmo e em uma competição que vem mostrando um nível de competitividade muito bom, não há tempo para choro, temos que visar o adversário que estará na nossa frente a seguir, essa é a história do futebol. Assim sendo, o adversário que estará a nossa frente será o Serrano a quem o vencemos na estreia lá em Campina Grande pelo placar de 3 a 0. Você pode até pensar que, se metemos três no Amigão, aqui em Cajazeiras será tranquilo? Nada disso, lembremos que: “futebol é futebol”. Feita a advertência aos mais inflamados e otimistas, o Atlético tem que se preparar para mais uma final. O jogo deste sábado dia 16, um dia teimosamente criado pela Federação Paraibana de Futebol para o futebol, principalmente aqui no alto sertão paraibano em que temos a nossa tradicional feira livre, será difícil, podem acreditar, o Serrano virá fechadinho pois a sua situação está complicada no campeonato paraibano. Por sua vez, o Atlético terá que entender, como disse em linhas acima, que este compromisso é uma decisão, o Trovão Azul na segunda colocação do grupo B e com apenas dois pontos de diferença para o Campinense que lidera, não pode se dar ao luxo de perder pontos em seus domínios e, pelo que vem jogando, com respeito que merece o time de Campina Grande, é franco favorito para este embate. Ademais, deveremos ter novamente o time completo e com todos os jogadores à disposição de Ederson Araújo com exceção de Saulo que foi expulso em Sousa. Temos tudo para vencer este compromisso, mas, nada de entender que o time do Serrano vai entregar o jogo, pelo contrário, será uma partida dramática. De resto é esperar que a nação do Mais Querido do Sertão, possa, como vem acontecendo até então, lotar as arquibancadas do Colosso das Capoeiras e fazer aquela festa que somente ela sabe e pode fazer. Quanto ao time, digo os nossos jogadores, que possam vir com a mesma determinação e o mesmo comportamento que eles estão vindo a cada rodada que as coisas serão mais facilitadas. Esperemos que Marcinho possa “acordar” é o único que não vem acompanhando o ritmo dos seus companheiros e ele é imprescindível na armação e na criação das jogadas ofensivas do Atlético. No mais é esperar pelo sábado e torcer por uma grande vitória para que nos reabilitemos e assim encostar ou mesmo passar a raposa que hoje lidera o nosso grupo.

Pedido
Para a crônica esportiva da terra do Padre Rolim que acompanha o Atlético Cajazeirense de Desportos a opinião é que o nosso representante formou um dos melhores times dos últimos anos. Entende-se que dá inclusive para sonhar alto, mas, faz um pedido a diretoria para que, urgentemente, possa contratar um meia esquerda, uma zagueiro e um atacante para jogar ao lado de Bruno. Marcinho o nosso homem de criação não vem sendo aquele que dele se esperava e na frente à afirmação que Bruno joga sozinho. Dá para contratar? Com a palavra a diretoria do Mais Querido do Sertão.

Perseguido?
O treinador do Atlético Cajazeirense de Desportos, Ederson Araújo, tem sido um ferrenho crítico quanto aos assistentes ou bandeirinhas como queiram entender, quando dos jogos do Trovão Azul do Sertão. Em João Pessoa o representante cajazeirense foi “assaltado” por um dos bandeiras e em Sousa o Atlético teve novamente um gol anulado. Será que o Mais Querido do Sertão estará sendo alvo de uma perseguição? Com a palavra a FPF e Arthur Alves o comandante supremo da arbitragem. Agora que os meninos e meninas das bandeiras estão com sede em anular gols do Atlético, disso não temos dúvidas.

BOLA DENTRO
Para o Conselho Regional de Educação Física – CREF10/PB que vem atuando de forma firme e correta em sua fiscalização na defesa da sociedade e dos seus profissionais. NOTA 10!

BOLA FORA
Para os acontecimentos registrados no Estádio Almeidão quando despencou uma parte da arquibancada ferindo um torcedor e no Amigão pelos torcedores do Galo que fizeram chover latas de cervejas, chinelos e outros objetos contra os seus próprios jogadores. NOTA 0!

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Professor da UFCG de Educação Física, Comentarista Esportivo da Rádio Alto Piranhas e Colunista Esportivo do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Contato: reudesman@bol.com.br

Recomendado para você pelo google

ELITISMO?

VÍDEO: Escolas federais têm segurança, mas as outras são ‘destratadas’, afirma diretor em Cajazeiras

FUTEBOL

VÍDEO: Diário Esportivo fala sobre o Festival de Prêmios do Atlético e do clássico contra o Sousa

MASSACRE DE SUZANO

VÍDEO: Psicóloga fala sobre jogos eletrônicos e ausência da família influenciando tragédias com jovens

O CAMINHO

VÍDEO: Em Pombal, Frei Gilson declara que a Igreja Católica precisa pregar um catolicismo praticante

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Professor da UFCG de Educação Física, Comentarista Esportivo da Rádio Alto Piranhas e Colunista Esportivo do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Contato: reudesman@bol.com.br