header top bar

Reudesman Lopes

section content

Três é demais?

01/04/2022 às 16h11

Coluna de Reudesman Lopes. (Foto: equipe do Atlético de Cajazeiras 2022 - reprodução/internet).

Por Reudesman Lopes

O sentimento de todos nós cajazeirenses, aqui falo dos cajazeirenses de verdade, aqueles que amam a terra do Padre Rolim, neste momento é de profunda tristeza por mais uma vez presenciarmos parte daquilo que consideramos ser história e memória desta cidade e falo aqui do rebaixamento do Atlético Cajazeirense de Desportos, pela terceira vez, da Primeira Divisão do Futebol Paraibano para a Segunda Divisão.

De verdade estamos tristes, mas, de verdade, também, já esperávamos pela repetição do decesso e, pelo meu entendimento, isso deveria ter acontecido um pouco mais cedo em termos de temporadas passadas, pois, “batemos na trave” em várias competições.

Três é demais? Talvez não se refletirmos a passividade da cidade, dos nossos políticos, do nosso povo e o quanto não estamos nem aí para a terrinha. O Atlético Cajazeirense de Desportos, tenho dito, é um reflexo da própria cidade e, isso vem de muitos anos atrás, décadas, vejo assim, olha o quanto Cajazeiras já perdeu e deixou-se levar sem que nós fizéssemos absolutamente nada em termos de luta e, não tenho nenhuma dúvida que se não houver uma mobilização daqueles que verdadeiramente amam o Trovão Azul do Sertão, ele deverá ser a “bola da vez”, o próximo a entrar na fila do: “Cajazeiras já teve, não tem mais”, acompanhando, para citar os mais recentemente, a Receita Federal e a Justiça do Trabalho.

Somos craques em criar grupos, temos grupos para todos os gostos, mas, estes só vivem de “conversas fiadas” e “para aparecer”, em termos de produção para a cidade, nada, nadinha.

Não tenho dúvidas em afirmar aqui que o Atlético Cajazeirense de Desportos fez por merecer esse seu terceiro rebaixamento, o clube se viu nas mãos de atleticanos apaixonados, cito-os: Paulo e Luan, mas, é impossível sem recursos financeiros bancar e fazer o futebol de um clube da dimensão de um Atlético.

Os jogadores que para cá rumaram para vestir a gloriosa camisa do Mais Querido do Sertão não tinham a menor qualificação técnica para vesti-la, mas, isso aconteceu justamente pela condição financeira do clube. Dos 4 jogos realizados em Cajazeiras no Estádio o Perpetão, 12 pontos disputados, ganhamos apenas 1 pontinho, só aí já se justifica a nossa queda, tem mais, dos 3 jogos até agora disputados fora de Cajazeiras, ganhamos apenas 1 ponto e devemos ficar por aqui mesmo já que o último jogo será em João Pessoa contra o Botafogo que luta para conseguir ser o primeiro do grupo.

Essa é sem errar, a pior participação de um clube profissional de Cajazeiras jogando na elite do Paraibano e o Atlético deverá ser rebaixado sem vencer nenhuma partida e marcando apenas dois gols em todo o campeonato. Vergonha? Não, de jeito nenhum. Essa é a dura e cruel realidade.

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Professor da UFCG de Educação Física, Comentarista Esportivo da Rádio Alto Piranhas e Colunista Esportivo do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Contato: reudesman@bol.com.br

ACADEMIA CAJAZEIRENSE DE ARTES E LETRAS

VÍDEO: Presidente da ACAL diz que pandemia dificultou a aproximação entre membros da diretoria

RISCOS

VÍDEO: Dois bairros de Cajazeiras estão em alerta de surto de dengue; reportagem mostrou pontos críticos

NOVIDADES

VÍDEO: IFPB de Cajazeiras inicia aulas presenciais e anuncia seletivo com notas dos últimos quatro Enem

OPERAÇÃO ARACATI

VÍDEO: Delegado seccional destaca a quantidade de armas apreendidas em operação na região de Cajazeiras

Reudesman Lopes

Reudesman Lopes

Professor da UFCG de Educação Física, Comentarista Esportivo da Rádio Alto Piranhas e Colunista Esportivo do Jornal Gazeta do Alto Piranhas

Contato: reudesman@bol.com.br

Recomendado pelo Google: