header top bar

section content

VÍDEO: Comentarista diz que oposição dividida foi principal causa da vitória de Zé Aldemir em Cajazeiras

O padre Francivaldo Albuquerque, lembrou que os votos da oposição supera os votos do candidato eleito Zé Aldemir

Por Luiz Adriano

17/11/2020 às 12h35 • atualizado em 17/11/2020 às 14h33

O comentarista político, padre Francivaldo Albuquerque, foi entrevistado no Programa Olho Vivo da TV Diário do Sertão. Ele afirmou que a vitória de Zé Aldemir (PP) em Cajazeiras se deu em função da oposição ter se dividido. O padre fez comparação com a eleição passada quando a diferença foi de 1.087 votos, enquanto que agora, entre Zé Aldemir e a Dra. Denise Albuquerque (Cidadania) houve um aumento significativo, sendo 3.728 votos a diferença entre eles. Além da Dra. Denise, o candidato Marquinhos Campos (PSB), também concorreu e obteve 5.036 votos, ou seja, conforme o comentarista, essa divisão de votos da oposição tornou mais fácil a conquista de Zé Aldemir.

Ele fez cálculos matemáticos e disse que a votação da oposição 17.724 votos, foi superior a do atual prefeito que obteve 16.416 sufrágios, sendo uma diferença de 1.308 votos de maioria para oposição. “Claro que isso aqui é uma projeção, poderia ser diferente, mas o fato é que, a divisão das oposições favoreceu muito à candidatura de Zé Aldemir” disse.

VEJA TAMBÉM

VÍDEO: Zé Aldemir não descarta composição com Marquinhos e diz que Denise está revoltada e desesperada

O padre Francivaldo, também reforçou que quando a oposição se divide, há uma divisão também de recursos e que a cidade passa a ter outras opções, isso dar margem para o crescimento da situação: “No momento em que a oposição se divide e lança dois candidatos, então a cidade passa a ter três perspectivas de força política, ai a oposição fica menor, diminui a base dos vereadores, se dividem os recursos, se dividem de um modo geral”, disse o comentarista.

Segundo ele, com essa divisão, Zé Aldemir ficou com mais chances de ser o candidato eleito, e que a partir dai se deflagra o processo eleitoral no confronto de gestão, ou seja, a Dra. Denise que já foi prefeita uma vez e seu esposo por duas vezes, acabou sendo prejudicada por ser atacada, tanto por Zé Aldemir quanto por Marquinhos Campos. “Esse debate foi fragilizando a candidatura da oposição e no final do debate, nos últimos dias, a candidata Denise teve o acúmulo maior de críticas, de flechas, tanto do candidato Marquinhos como de Zé Aldemir, foi chegando à reta final e a candidatura da oposição estava no demais fragilizada” argumentou.

Outro ponto que foi colocado pelo padre Francivaldo, foi que a candidatura de Zé Aldemir teve um apoio considerável por parte de sua militância: “A campanha de Zé Aldemir ganhou musculatura nas redes sociais, e sua militância se postou com atitude, que não dormia, que vigiava toda hora e trabalhava, e isso fez a grande diferença da campanha”, concluiu.

DIÁRIO DO SERTÃO

AJUDE VOCÊ TAMBÉM

VÍDEO: Igreja realiza campanha para arrecadar alimentos para famílias carentes em Cajazeiras

MOMENTO DE SOLIDARIEDADE

VÍDEO: Escolinha de crianças sem-teto precisa de ajuda após ser danificada pela chuva em João Pessoa

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Vereadora de oposição diz que espera que gestão de Zé Aldemir seja cada vez melhor

UMARI

VÍDEO: Sandro Rufino diz que seu grupo foi muito caluniado, mas considera a campanha como saudável

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!