header top bar

section content

Dois anos da Lei Maria da Penha: ocorrências em Cajazeiras chegam a 10 por dia

No mês em que a Lei Maria da Penha completa dois anos, a Delegacia da Mulher de Cajazeiras ainda registra números de ocorrências considerados altos para os padrões da cidade. Em entrevista à...

Por

12/08/2008 às 23h04

No mês em que a Lei Maria da Penha completa dois anos, a Delegacia da Mulher de Cajazeiras ainda registra números de ocorrências considerados altos para os padrões da cidade. Em entrevista à nossa reportagem, a delegada titular Amin Denildes disse que a delegacia registra uma média de 8 denúncias de agressão contra mulheres por dia, chegando às vezes até a 10.

A delegada revelou que mais da metade das mulheres que chegam a procurar a delegacia para prestar queixa, acaba não levando o processo adiante, e resolve dar uma nova chance ao agressor, que na maioria dos casos é o próprio marido.

Mas é a omissão a principal dificuldade enfrentada pela Delegacia da Mulher. Na maioria dos casos, a vítima prefere não prestar queixa, quase sempre movida por medo do agressor. Desta forma, a polícia acaba não tomando conhecimento de casos de maus tratos que já existem há anos, mas nunca foram denunciados.

“Esse é o caso mais grave: quando a gente percebe que a mulher já vem sofrendo há muito e muito tempo. Não é no primeiro tapa que leva, que ela toma uma atitude. Ela sofre durantes uns três a quatro anos. Às vezes até sete anos para tomar coragem e denunciar seu agressor.’, revelou a delegada.

Dois anos de luta

Criada para punir com rigor a violência contra as mulheres, a Lei Maria da Penha ainda lida com fragilidades no seu cumprimento. As primeiras estatísticas, depois que a lei entrou em vigor, mostram que as denúncias aumentaram.

Mudou também o perfil das agressões. A lesão corporal passou do segundo para o terceiro lugar em número de ocorrências. Mesmo assim, para o Conselho dos Direitos da Mulher ainda falta muito para as mulheres estarem protegidas.

Da redação do Diário do Sertão

Tags:
DE 22 A 27 DE JANEIRO

VÍDEO: Teatro Ica completa 34 anos em Cajazeiras com extensa e diversificada programação cultural

DE 2017 PARA ESTE ANO

VÍDEO: São José de Piranhas tem aumento alarmante de homicídios em 2018; confira balanço da PM na região

VIXE!

VÍDEO: Vidente detalha futuro da imprensa de Cajazeiras e prevê mortes: “Não chega às festas juninas”

É DO SERTÃO!

Cantores mirins do Vale do Piancó estão fazendo sucesso e bombando em vários estados brasileiros