header top bar

section content

Briga entre primos termina em morte na cidade de Pedra Branca

Uma tragédia marcou a tarde do último sábado, 01, na cidade de Pedra Branca, no Vale do Piancó paraibano. O funcionário público da prefeitura local, Luiz Diniz de Araújo, de 53 anos, conhecido como Sinval, matou, com um tiro à queima roupa, seu primo, o também funcionário público Antonio Diniz, de 44 anos, e no […]

Por

04/03/2008 às 07h04

Uma tragédia marcou a tarde do último sábado, 01, na cidade de Pedra Branca, no Vale do Piancó paraibano. O funcionário público da prefeitura local, Luiz Diniz de Araújo, de 53 anos, conhecido como Sinval, matou, com um tiro à queima roupa, seu primo, o também funcionário público Antonio Diniz, de 44 anos, e no outro dia foi encontrado morto na estrada que dá acesso ao Sítio Dutra.

Segundo informações, Antonio e Luiz tinham uma antiga rixa por causa de posse de terras na região. Na tarde de sábado, eles tiveram uma violenta discussão, quando Sinval invadiu a casa de Luiz e efetuou um disparou que acertou em cheio seu peito.

Em seguida, Sinval fugiu do local sem deixar pistas. Na manhã de domingo, moradores do Sítio Dutra, localizado na região de Pedra Branca, ouviram um disparo por volta das seis horas da manhã.

Mais tarde, eles encontraram Sinval morto com um tiro no ouvido, na estrada que liga o sítio à cidade de Pedra Branca. A polícia de Itaporanga, que deu apoio na busca por Silval, vai acionar a perícia para averiguar o que realmente aconteceu com Sinval. Mas, já adianta que há grandes chances de ter sido, de fato, suicídio.

Da redação do Diário do Sertão

Tags:

Recomendado para você pelo google

MAIS EDUCAÇÃO

VÍDEO: No 2º dia da Mostra de Conhecimentos do N. S. do Carmo, alunos se destacam em temáticas diversas

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: No Mês da Black Friday, concessionária Brazauto oferece preços e formas de pagamento especiais

VÍDEO

Vereador lamenta falta de doação ao Hospital Laureano e acusa prefeito de Pombal: “Virou as costas”

TROVÃO NO BRASILEIRÃO

VÍDEO: Prefeito se compromete a patrocinar o Atlético de Cajazeiras com R$ 20 mil mensais em 2020