header top bar

section content

Nesta quarta-feira manifestação pública vai lembrar tragédia

Uma caminhada está sendo programada para a próxima quarta-feira, após a missa de 7° dia de morte da garota Jandira Lordão. O ato religioso acontecerá na Catedral Nossa Senhora da Piedade às 17:00h.

Por

08/01/2008 às 00h07

Edmundo Lacerda, tio de Jandira Lordão, afirmou ser necessário usar o protesto popular como arma para lutar pela Justiça. Ele espera que o caso não fique impune.

Para o tio da vítima, “é necessário lutar para que o nome de Jandira não seja esquecido; não seja apenas uma estatística nas mãos frias ou nas colunas gravadas dos jornais do nosso país”. E completa: “o caso de Jandira ecoou por muitos recantos, e com certeza a gente vai buscar, vai atrás, e a gente acredita que a justiça vai ser feita”.

Manifestação pública
Edmundo aproveitou também para convidar o povo cajazeirense a participar de uma caminhada que está sendo programada para a próxima quarta-feira, 09, que se realizará após a missa de sétimo dia de morte da garota Jandira, que acontecerá na Catedral Nossa Senhora da Piedade às 17:00h.

A ‘caminhada pela paz e pela vida’, como está sendo chamada, sairá com destino ao local do acidente. 

Jandira tinha 14 anos e foi a vítima fatal do trágico acidente ocorrido na última quinta-feira, 03, em Cajazeiras, provocado pela imprudência do motorista Pedro Herculano, de 32 anos. Ele conduzia uma camionete D20 que perdeu o controle e invandiu uma residência, na qual estava um grupo de cinco jovens.

JOCIVAN PINHEIRO
Da redação do DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
ESPERANÇA

VÍDEO: Teste com novo medicamento já aprovado pela Anvisa elimina câncer em 100% dos casos

DESINIBIDO

VÍDEO: Prefeito de Cachoeira dos Índios sobe ao palco e canta para multidão no ‘Festeja Cachoeira’

VÍDEO NAS REDES

VÍDEO: Cantor Zé Felipe se desculpa por atraso em show no Sertão da Paraíba e detona prefeito

SORTUDA

VÍDEO: Moradora de Brejo do Cruz é sorteada no Bilhete Doação da Sorte; veja se você ganhou mil reais

Recomendado pelo Google: