header top bar

section content

"Ainda acho que minha filha está viva"

Feliciana Lecerda, mãe de Jandira Lordão, bastante emocionada, pediu justiça pela trágica morte da filha de 14 anos, ocorrida na última quinta-feira, 03. Uma manifestação está marcada para quarta.

Por

08/01/2008 às 00h07

Feliciana Lecerda (foto), mãe de Jandira Lordão, bastante emocionada, pediu justiça pela trágica morte da filha de 14 anos, ocorrida na última quinta-feira, 03. O depoimento emocionado foi prestado na tarde desta segunda-feira, 07, em entrevista ao Boca Quente, da Rádio Difusora AM de Cajazeiras.

"Eu ainda estou em choque. Toda vez que eu chego em casa, eu fico achando que é um sonho a ausência de minha filha. Penso que quando chegar em casa eu acho que encontrarei minha filha. Eu e e ela éramos como irmãs", desabafou Feliciana. 

O apelo atraiu manifestações de populares e personalidades cajazeirenses, que ligaram para o programa tanto para prestar homenagens, quanto para protestar contra o caso.

JOCIVAN PINHEIRO
Da redação do DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
DRACO

VÍDEO: Assaltante investigado no ataque a carro forte entre Aparecida e Pombal é preso em Sousa

SORTEIO DE R$ 100,00

VÍDEO: “O que o Brasil mais precisa?” agitou o Pix Diário do programa Olho Vivo; veja as respostas

CULTURA NORDESTINA

VÍDEO: Comerciantes de fogos juninos se adaptam para manter tradição em barraquinhas da cidade de Sousa

TRADIÇÃO DA ÉPOCA

VÍDEO: Comerciantes de produtos juninos avaliam vendas em Cajazeiras e temem mudança para outro local

Recomendado pelo Google: