header top bar

section content

Duas mulheres são mantidas em cárcere privado para pagar dívida em Campina Grande

Vítimas eram mantidas em quartos gradeados e fechados com cadeado. Suspeita foi presa.

Por G1

24/03/2018 às 08h00 • atualizado em 23/03/2018 às 18h54

Duas mulheres estavam sendo mantidas em cárcere privado, em Campina Grande

Duas mulheres estavam sendo mantidas em cárcere privado, em Campina Grande, enquanto pagavam uma dívida a dona de um bar. A Polícia Militar conseguiu prender a suspeita na noite da última quinta-feira (22), mas ela nega as acusações.

A acusada, de 56 anos, mantem um estabelecimento na Rodoviária Velha, em Campina Grande. Quando os policiais chegaram até o local, identificou que funcionava como uma casa de prostituição.

As mulheres vítimas têm 24 e 40 anos e estavam sendo mantidas dentro de quartos com janelas e portas gradeadas e com cadeados. Com a chegada da Polícia Militar, a acusada reagiu e desacatou os policiais, motivo pelo qual também foi presa.

De acordo com depoimentos das vítimas, elas se prostituíam no local para pagar uma dívida com a dona do local. Doraci dos Santos foi presa e encaminhada à Central de Polícia.

Fonte: G1 - https://g1.globo.com/pb/paraiba/noticia/duas-mulheres-sao-mantidas-em-carcere-privado-para-pagar-divida-em-campina-grande.ghtml

Recomendado para você pelo google

DESMITIFICANDO!

ASSISTA: Médico e ex-prefeito de Cajazeiras esclarece polêmicas que envolvem o tratamento ‘eletrochoque’

CRÍTICAS A IMÓVEL ALUGADO

VÍDEO: Interdição de escola gera embate entre professores e gerente de Educação na cidade de Cajazeiras

ACIDENTE DE MOTO

EXCLUSIVO: Do hospital, Paulo Feitoza revela que quase ficou paraplégico e diz que está vivo por milagre

NA TV

VÍDEO: Casal de idosos volta a fazer apelo para reformar casa que corre risco de desabar em Cajazeiras