header top bar

section content

TRAGÉDIA: Irmãos morrem carbonizados após quarto pegar fogo; ‘Escutei os choros, a gritaria’ lembra pai

As crianças, de três e seis anos, dormiam no quarto quando as chamas começaram

Por Luzia de Sousa

24/04/2018 às 16h25

Dois irmãos, de três e seis anos, morreram carbonizados em um incêndio em uma casa em Linhares, no Norte do Espírito Santo, na madrugada deste sábado (21). As chamas atingiram apenas o quarto das crianças. Quando os bombeiros chegaram ao local, os dois já estavam sem vida.

O pai, que é pastor, contou que assistiu a um filme com os filhos à noite e depois os colocou para dormir. Por volta das 2h, a babá eletrônica que monitorava as crianças no quarto começou a apitar e ele ouviu gritos dos filhos. O cômodo estava fechado por causa do ar-condicionado ligado.

Ele não conseguiu entrar no quarto e nem apagar as chamas, que já estavam muito altas. Vizinhos tentaram ajudar, mas também não conseguiram. Quando os bombeiros chegaram, constataram que as crianças já estavam mortas. O pai ficou em estado de choque e precisou ser levado para um hospital.

Irmãos morrem em incêndio dentro de casa em Linhares

A mãe das crianças, que também é pastora, está em Teófilo Otoni, em Minas Gerais, com o filho mais novo do casal. Ela viajou para participar de um congresso.

Os corpos foram levados para o Serviço Médico Legal (SML) de Colatina. As causas do incêndio ainda não estão claras para os bombeiros e serão concluídas após perícia no local. Há a hipótese de curto-circuito.

G1

FUTEBOL

VÍDEO: Diário Esportivo traz resumo da 2ª rodada do Paraibano e detalhes da nova contratação do Atlético

COM CHICO CARDOSO

VÍDEO: ‘Briga’ entre Zé Aldemir e Airton, e Tyrone com os Gadelhas são os destaques do Direto ao Ponto

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Advogadas tiram dúvidas sobre Previdência Social e criticam atendimento no INSS de Cajazeiras

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Júnior e Jeová começam a ganhar cargos em Cajazeiras e “sinal vermelho foi ligado”, diz colunista