header top bar

section content

Ministério da Saúde orienta sobre reaplicação da vacina BCG

A vacina também está disponível na rotina dos serviços para crianças menores de cinco anos e protege contra as formas mais graves da doença, como a tuberculose miliar e a meníngea.

Por Secom

11/02/2019 às 10h47

Vacina BCG

O Ministério da Saúde, alinhado com a Organização Mundial de Saúde (OMS), divulgou recentemente que crianças que ficam sem cicatriz no braço após receberem a vacina contra a tuberculose – conhecida como BCG – não precisam de uma reaplicação. O governo informou que estudos comprovaram a eficácia da vacinação também em crianças que não apresentam uma cicatriz após a injeção.

“O Programa Nacional de Imunizações recomenda não revacinar crianças que receberam a vacina BCG e não desenvolveram cicatriz vacinal, independentemente do tempo transcorrido após a vacinação. De acordo com OMS, a ausência da cicatriz de BCG após a vacinação não é indicativo de ausência de proteção”, explicou a assessora técnica do Núcleo de Imunizações da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Márcia Mayara.

Vacina – De acordo com o Ministério da Saúde, a principal maneira de prevenir a tuberculose em crianças é por meio da BCG, ofertada gratuitamente no Sistema Único de Saúde (SUS). A dose deve ser dada ao nascer, nas maternidades, ou na primeira visita da criança ao serviço de saúde, o mais precocemente possível. A vacina também está disponível na rotina dos serviços para crianças menores de cinco anos e protege contra as formas mais graves da doença, como a tuberculose miliar e a meníngea.

“A BCG faz parte do calendário de vacinação da criança. O ideal é que a vacina seja administrada nas primeiras 12 horas de vida, ainda na maternidade. Mas, a criança pode ser vacinada até quatro anos, 11 meses e 29 dias”, informou Márcia Mayara.

Recomendado para você pelo google

POBREZA EXTREMA

VÍDEO: Desempregada, doente e grávida, mulher faz apelo por ajuda em Cajazeiras para não passar fome

ESTUDO INÉDITO

VÍDEO: Expedição da FSM vai explorar o Nordeste para resgatar saberes populares sobre plantas medicinais

"ONIX, ONIX, ONIX"

VÍDEO: Festa retrô com banda dos anos 90 resgata carnaval com blocos tradicionais de Cajazeiras

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Após fazerem as ‘pazes’, Jeová e Júnior vão dividir cargos na saúde com Estela, diz comentarista