header top bar

section content

Mãe e padrasto são presos por matar criança de 1 ano e forjar desaparecimento no Ceará

Maria Esther Farias de Campelo foi encontrada morta em um matagal da Região Metropolitana de Fortaleza.

Por Ceará 1 com G1CE

22/08/2019 às 08h46

Maria Esther Farias Campelo foi achada morta em um matagal em Pacatuba, na Região Metropolitana de Fortaleza (Foto: Divulgação)

A polícia prendeu em flagrante, na manhã desta quarta-feira (21), Ana Cristina Farias Campelo e Franciel Lopes de Macedo, respectivamente mãe e padrasto da menina Maria Esther Farias Campelo, por suspeita de terem matado a criança.

A menina, de 1 ano e dez meses, foi dada como desaparecida na noite de terça-feira (20), quando o casal denunciou que ela havia sido levada dos braços da mãe por um casal armado. A mãe, que está grávida de três meses, chegou a registrar um Boletim do Ocorrência (B.O.) denunciando o suposto rapto da criança.

O corpo foi encontrado enrolado em um lençol, em um matagal próximo da Estrada dos Macacos, em Pacatuba, na Região Metropolitana de Fortaleza. Após a prisão, Franciel detalhou aos policiais que a criança foi morta com socos no estômago, nas costas e sendo enforcada.

A irmã do padrasto, porém, disse ao G1 que Maria Esther foi assassinada a pauladas. A polícia ainda não confirmou as causas da morte, mas deve divulgar mais detalhes sobre o crime em uma coletiva de imprensa na tarde desta quarta-feira.

Na noite de terça, Ana Cristina relatou à polícia que estava com o padrasto e a criança numa bicicleta, quando foram abordados por um casal armado que exigiu que dessem a menina. Ela chegou a pedir que a imagem da filha fosse divulgada para auxiliar nas buscas. O suposto roubo teria acontecido no Bairro Pajuçara, em Maracanaú, também na região metropolitana na capital.

‘Chorava demais’
As suspeitas de que a mãe e o padrasto seriam os responsáveis pelo sumiço da criança surgiram após uma tia da menina informar à polícia que viu o casal saindo de casa com Maria Ester envolta em um lençol. Ela contou, ainda, que a menina chorava demais e exigia muita atenção da mãe.

Ela disse, ainda, que o casal teria armado a história do rapto para despistar qualquer suspeita em relação ao desaparecimento da criança. O padrasto e a mãe de Maria Ester estão juntos há cerca de quatro meses.

Fonte: Ceará 1 com G1CE - https://g1.globo.com/ce/ceara/noticia/2019/08/21/mae-e-padrasto-sao-presos-por-matar-crianca-de-1-ano-e-10-meses-e-forjar-desaparecimento-no-ceara.ghtml

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Capitão da PM conta que vítima de tiros em Cajazeiras fez revelação sobre crime antes de morrer

VÍDEO

No Sertão, Ricardo Coutinho rebate presidente da assembleia e manda recado duro para governador da PB

SAÚDE PÚBLICA

VÍDEO: Mensagem Empresarial recebe especialista em saúde pública e fala de práticas integrativas do SUS

DESCONTRAÇÃO

VÍDEO: Sucesso na internet, Gleyfy Brauly e MC Nem animam o programa Xeque Mate dessa semana