header top bar

section content

VÍDEO: João Azevêdo é contra pedido de desobrigação do uso de máscaras solicitado pelo Presidente

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, solicitou ao ministro da saúde, um "parecer" para desobrigar o uso de máscaras para quem estiver vacinado contra a Covid ou por quem já tenha contraído a doença.

Por Amanda Dantas

11/06/2021 às 16h33

Após uma declaração do Presidente da República Jair Bolsonaro, que tenta desobrigar o uso de máscaras para quem já esteja vacinado contra a Covid-19 ou quem já contraiu o vírus, o governador da Paraíba João Azevêdo defendeu o uso da proteção durante uma transmissão ao vivo em suas redes sociais.

O governador, que já recebeu as duas doses do imunizante, disse que defende o uso da proteção para todos. “Eu posso, mesmo tendo sido vacinado, contrair a doença de forma leve, entretanto, posso contaminar outra pessoa que não tomou a vacina. E ela pode desenvolver a forma grave da vacina e morrer.”, explicou João.

João terminou, falando que até que a população atinja 75% de imunizados, o objeto de proteção é necessário. “Por isso que o uso de máscara nesse momento, até que vençamos a pandemia, até que a gente tenha pelo menos 75% da população vacinada, nós precisamos usar máscara. Ela salva vidas.”, terminou o gestor.

VEJA TAMBÉM

Anvisa autoriza vacina da Pfizer para crianças a partir de 12 anos de idade

A transmissão feita pelo governador tratava de um anúncio de dois novos projetos na área de energias renováveis. O anúncio foi realizado por meio de transmissão ao vivo nas redes sociais e canal oficial do Governo no YouTube.

DECLARAÇÃO DO PRESIDENTE

Durante solenidade de lançamento de programas do Ministério do Turismo, nessa quinta-feira (10), no Palácio do Planalto, o Presidente Jair Bolsonaro fez uma afirmação sobre o uso obrigatório de máscaras.

Segundo o presidente, ele pediu ao ministro da saúde, Marcelo Queiroga, um “parecer” para desobrigar o uso de máscaras para quem estiver vacinado contra a Covid ou por quem já tenha contraído a doença.

Presidente da República em solenidade no Palácio do Planalto (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil)

“Acabei de conversar com um tal de Queiroga — não sei se vocês sabem quem é —, nosso ministro da Saúde. Ele vai ultimar um parecer visando a desobrigar o uso de máscara por parte daqueles que estejam vacinados ou que já foram contaminados. Para tirar esse símbolo, que obviamente tem a sua utilidade para quem está infectado”, falou o presidente.

ESPECIALISTAS AFIRMAM 

Drauzio Varella, médico renomado, afirmou que mesmo vacinado, o indivíduo pode transmitir o vírus para outras pessoas, e que o uso da máscara é essencial. “Você entra em contato com o vírus. O vírus fica nas suas fossas nasais, não vai ficar doente, mas vai poder levar o vírus para dentro de casa para as pessoas que você mais ama. Então, a vacina é uma grande utilidade”, explicou o médico.

A médica infectologista, Luana Araújo, explicou que o uso da máscara e o isolamento social são essenciais para o combate contra a doença. “Então, enquanto a gente não tem uma boa parte de população plenamente vacinada, é preciso sim usar máscara, evitar aglomerações e preferir ambientes naturalmente ventilados”, afirmou a médica.

PORTAL DIÁRIO

NO CEARÁ

VÍDEO: Cuidadora de idosos de Ipaumirim fala de experiência e diz que já foi xingada por ajudar anciãos

APROVADOS EM 2020

VÍDEO: Concursados denunciam que não são chamados porque há ‘cabine de empregos’ na gestão de Cachoeira

DIVERGÊNCIAS

VÍDEO: Vice-presidente da OAB-PB diz que há ‘batimento de cabeça’ do poder público para emitir decretos

INTUBADO E TRANSFERIDO

VÍDEO: Paula diz que Zé Aldemir teve melhora, mas revela que ‘o guerreiro estava querendo se entregar’

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!