header top bar

section content

Nos 3 Poderes: Lei proíbe contratação de parentes

Políticos e demais autoridades públicas devem ficar atentos para a recente decisão do Supremo Tribunal Federal, que estendeu para os três Poderes a regra que impede a contratação de parentes de até terceiro grau. Para o presidente do Supremo, Gilmar Mendes, quem não cumprir a regra, pode sofrer processo por crime de improbabilidade administrativa. Já […]

Por

26/08/2008 às 22h27

Políticos e demais autoridades públicas devem ficar atentos para a recente decisão do Supremo Tribunal Federal, que estendeu para os três Poderes a regra que impede a contratação de parentes de até terceiro grau.

Para o presidente do Supremo, Gilmar Mendes, quem não cumprir a regra, pode sofrer processo por crime de improbabilidade administrativa. Já o relator da Lei, o ministro Ricardo Lewandowski, foi mais além. Ele disse que o político que insistir na contratação de parentes pode ser obrigado a devolver os salários pagos indevidamente.

No senado, os parlamentares defendem abertamente a decisão do STF. Mas o ministro Lewandowski ressaltou que a proposta poderá ser contestada no próprio tribunal caso venha a sair do papel.

Da redação do Diário do Sertão

Tags:
SANTO PADROEIRO

VÍDEO: Padre anuncia programação da festa de Dom Bosco em Cajazeiras; festival de música é confirmado

FÓRUM AÇUDE GRANDE

VÍDEO: Grupo entrega documento no MP para fortalecer campanha de revitalização do açude de Cajazeiras

"FICOU DESPREZADA"

VÍDEO: Mulher acusa HRC de negligência no caso da morte de sua irmã após parto; hospital responde

ESTÁ NA CAPITAL DESDE 2015

EXCLUSIVO: Após três anos, lendário padre de Cajazeiras revela o que motivou sua ida para João Pessoa