header top bar

section content

APAE de Cajazeiras cobra professores e médicos da Prefeitura Municipal

A APAE, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais, de Cajazeiras, fez duras críticas, na manhã desta quarta-feira, 20, no Jornal da Manhã, da Rádio Oeste da Paraíba, à administração da Prefeitura Municipal de Cajazeiras. Segundo a própria direção da instituição que cuida de pessoas com necessidades especiais na cidade, a Prefeitura há muito tempo […]

Por

21/02/2008 às 08h54

A APAE, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais, de Cajazeiras, fez duras críticas, na manhã desta quarta-feira, 20, no Jornal da Manhã, da Rádio Oeste da Paraíba, à administração da Prefeitura Municipal de Cajazeiras.

Segundo a própria direção da instituição que cuida de pessoas com necessidades especiais na cidade, a Prefeitura há muito tempo não vem dando apoio ao órgão. E desde 2001, a APAE luta com seus próprios recursos para conseguir colaboradores que mantenham o projeto funcionando.

Geraldo da Mota, diretor da escola da APAE em Cajazeiras, fez um apelo revoltado para que a Secretaria de Educação disponibilize pelo menos um professor e um carro para fazer o transporte dos alunos até a instituição.

“Nós queremos chamar atenção da Secretaria do Município que olhe para nossa escola. Que ela deixe à nossa disposição um professor pago pelo Município para nos ajudar; e que consiga um transporte circulando na cidade, chegando até nossa escola. Porque, se fosse para nós recebermos professores da Secretaria, eu tenho certeza que de 2001 para cá nós ainda não tínhamos iniciado nossas atividades”, disse o diretor da APAE.

Saúde
Outro descaso apontado por Geraldo, é a falta de dentistas que possam atender a portadores de necessidades especiais na região de Cajazeiras. Segundo ele, Dr Inácio é o especialista ideal para a função. Porém, há desinteresse por parte da prefeitura em contratar um profissional para esta área.

“Quantas famílias existem em Cajazeiras com o filho doente em casa, precisando de uma extração de dente, e não sabemos onde encontrar um dentista especial que possa trabalhar com essas pessoas. Mas em Cajazeiras existe Dr Inácio, que pode acompanhar o dia-a-dia das pessoas especiais. Basta a Secretaria de Saúde procurá-lo. Mas não existe esse contrato entre a Secretaria e esse dentista que tanto nos ajuda”.

Recursos
Geraldo revelou que a escola da APAE vem funcionando graças ao apoio dos próprios pais dos alunos, que contribuem periodicamente com a instituição. Mas ele adianta que essa situação não pode continuar, e pede que pelo menos representantes da prefeitura se reúnam com a direção da escola para contratar professores capacitados e dispostos a trabalhar junto ao órgão.

Segundo ele, os últimos professores enviados para a APAE estavam sob a proteção de vereadores do município e, por isso, não se esforçavam no trabalho. “Nós queremos que a Secretaria de Educação sente com a gente e ofereça um professor que vá trabalhar, e não professor mandado por vereador, que fica lá de braços cruzados e dizendo: ‘estou aqui porque o vereador mandou”, denuncia Geraldo.

Da redação do Diário do Sertão

Tags:
OPORTUNIDADE TOP

VÍDEO: Maquiador do Instituto Ana Hickman fará curso de maquiagem profissional em Cajazeiras

ILÍCITO

VÍDEO: Carga de cigarros contrabandeados avaliada em mais de R$ 1 milhão é apreendida na região de Sousa

MUNDO DO CRIME

VÍDEO: Homem é preso e menor apreendido na região de Sousa com drogas que tinha como destino Natal-RN

DIA 08 DE SETEMBRO

VÍDEO: Reunião confirma presenças dos oito candidatos ao Governo da PB no debate da TV Diário do Sertão

Recomendado pelo Google: