header top bar

section content

Manoel aciona Conselho de Ética contra Wellington

O deputado federal Manoel Júnior (PSB-foto) acionou o Conselho de Ética da Câmara contra o também deputado Wellington Roberto (PR) por conta de declarações feitas à imprensa paraibana, que segundo ele, macularam a sua imagem. “Eu não gostaria de responder a ele dessa forma, mas as denúncias dele feitas contra mim são mentirosas, infundadas e […]

Por

26/12/2007 às 16h00

src=http://www.plenarinho.gov.br/noticias/imagens/deputado-manoeljunior.jpgO deputado federal Manoel Júnior (PSB-foto) acionou o Conselho de Ética da Câmara contra o também deputado Wellington Roberto (PR) por conta de declarações feitas à imprensa paraibana, que segundo ele, macularam a sua imagem.

“Eu não gostaria de responder a ele dessa forma, mas as denúncias dele feitas contra mim são mentirosas, infundadas e irresponsáveis. Por isso já juntei cópias das declarações feitas pelo deputado a órgãos de imprensa da Paraíba e já apresentei representação contra ele junto ao Conselho Ética”, disse Manoel Júnior nesta sexta-feira (14), quando revelou já ter apresentado a representação contra Wellington junto ao Conselho de Ética.

Em declarações feitas na Paraíba, o deputado Wellington Roberto teria afirmado que Júnior havia removido emendas do orçamento da União destinadas para a Paraíba para outros estados, beneficiando outros parlamentares.

“O deputado Wellington Roberto ficou ressentido por ter apadrinhado emendas do deputado Walter Brito Neto, que destinavam recursos para compra de livros didáticos. Ainda assim em contemplei as emendas do deputado com R$ 9 milhões”, disse Júnior.

Manoel Júnior é relator do setor 4 do orçamento, que cuida dos recursos para a educação, ciência e tecnologia.

Segundo ele, a média de recursos do seu relatório para os estados ficou em torno de R$ 10 milhões para a “construção de novos Cefets e universidades. Para a emenda de Walter Brito com apadrinhamento de Roberto para a compra de livros didáticos nos Quilombolas, eu destinei R$ 9 milhões”, disse Júnior.

“Ele maculou a minha imagem, mentiu de forma irresponsável, por isso apresentei representação contra ele no Conselho de Ética”, declarou Manoel Júnior.

FONTE: Portal Paraíba

Tags:
SEIS CIDADES

VÍDEO: Candidatos da Paraíba e do Ceará concorrem em mais uma eliminatória do Talentos do Sertão 2022

SEPARADOS À FORÇA

VÍDEO: Família se emociona em Cajazeiras no reencontro de mãe e filho que não se viam há mais de 50 anos

AO LADO DO PRESIDENTE

VÍDEO: Cícero Lucena ouve sonora vaia de apoiadores de Bolsonaro e tem dificuldade para discursar

DOGMAS

VÍDEO: Padre explica por que Igreja Católica Brasileira não celebra casamento de pessoas do mesmo sexo

Recomendado pelo Google: