header top bar

section content

Dilma e Lula vão pedir apoio ‘contra golpe’ em vídeo a ser vinculado nas redes

O ex-presidente diz que é preciso "ir para a guerra" na reta final e, caso saiam derrotados, mantenham a mobilização da base social do PT nas ruas.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

15/04/2016 às 13h35 • atualizado em 15/04/2016 às 19h08

O ex-presidente diz que é preciso "ir para a guerra" na reta final e, caso saiam derrotados, mantenham a mobilização da base social do PT nas ruas (Foto: Ricardo Stuckert/Presidência da República)

A última cartada da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula para tentar barrar o impeachment será a gravação de um vídeo, no qual irão denunciar o “golpe” que está em curso no Brasil e tentam passar confiança à população, segundo o jornal ‘Folha de S. Paulo’. Na mensagem, Dilma e Lula dizem que, caso saiam vitoriosos, vão preparar o Brasil para a retomada do crescimento.

Ainda segundo o jornal as gravações serão feitas nesta sexta-feira (15) e serão veiculados provavelmente no mesmo dia nas redes sociais. Fontes do jornal apontam que é muito provável que os dois vão aparecer juntos no vídeo, embora os assessores de cada um defendem que Dilma e Lula apareçam separadamente.

O ex-presidente diz que é preciso “ir para a guerra” na reta final e, caso saiam derrotados, mantenham a mobilização da base social do PT nas ruas.

MSN

Recomendado para você pelo google

VISTANDO SUA TERRA NATAL

Heron Cid defende centro universitário em Marizópolis e ponto de intersecção entre Sousa e Cajazeiras

BOA NOTÍCIA

Hospital Universitário de Cajazeiras passa a oferecer novos serviços para a população do Alto Sertão

REVOLTA

VÍDEO: ‘Só quem odeia Lula o quer preso, como se ele fosse um bandido perigoso’, diz jornalista

VÍDEO

“Sou liderança forte, mas estou abandonado”, declarou Gobira ao vivo sobre grupo de Carlos Antonio