header top bar

section content

Governo Federal anuncia reajuste de 5,26% e salário mínimo chegará a R$1.100 a partir de janeiro

O Congresso havia aprovado a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2021, fixando o salário-mínimo em R$ 1.088. Na proposta aprovada não houve aumento real, mas uma correção.

Por Juliana Santos

30/12/2020 às 20h32 • atualizado em 30/12/2020 às 20h33

Salário mínimo terá reajuste de 5,26% em relação ao valor atual. (Foto: Ilustrativa)

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta quarta-feira (30), por meio das redes sociais, a assinatura de uma medida provisória (MP) que elevará o salário mínimo para R$ 1.100, com vigência a partir de 1º de janeiro. O valor atual é de R$ 1.045.

“O valor de R$ 1.100,00 se refere ao salário mínimo nacional. O valor é aplicável a todos os trabalhadores, do setor público e privado, e também para as aposentadorias e pensões”, afirmou o presidente.

VEJA TAMBÉM

‘Irresponsável, cultua a morte’, diz advogado sobre impeachment de Bolsonaro por negar vacina

Em meados de dezembro, o Congresso havia aprovado a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2021, fixando o salário-mínimo em R$ 1.088.

Na proposta aprovada pelos parlamentares, não houve aumento real no salário, tendo sido feita apenas a correção com base na previsão da inflação acumulada no ano, de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

PORTAL DIÁRIO

ABSURDO

VÍDEO: Vereador denuncia redução no tempo de tolerância na Zona Azul de Cajazeiras

BOA NOTÍCIA

VÍDEO: Monte Horebe inicia vacinação contra Covid-19 e ACS é a primeira a ser vacinada no município

ATENÇÃO DOBRADA

VÍDEO: Médico fala sobre mutações do Coronavírus e deixa alerta para a população

CULTURA

VÍDEO: Músicos conhecidos nacionalmente falam do sucesso da Bossa Nova e opinam sobre tempo atual

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!