header top bar

section content

Comissões apresentam emendas à LDO 2015 relatada por Vital na próxima semana

A presidente da República, entretanto, pode vetar o anexo totalmente ou em parte.

Por

15/11/2014 às 15h32

Vital relatará emendas à LDO

As comissões permanentes do Senado reúnem-se na próxima semana para votar as emendas a serem apresentadas ao projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2015. A apresentação das emendas é feita após a aprovação do relatório preliminar da LDO 2015 do senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), ocorrida no último dia 12.
 
As emendas serão incorporadas ao relatório final da proposta orçamentária, que pode ser apresentado pelo relator da matéria, senador Vital, no dia 26. Na terça-feira (18), reúnem-se as Comissões de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA); de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT); de Assuntos Econômicos (CAE); e de Educação, Cultura e Esporte (CE).
 
Na quarta (19), é a vez das Comissões de Serviços de Infraestrutura (CI); de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR); de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ); de Assuntos Sociais (CAS); e de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH).
 
Na quinta (20), reúne-se a Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE). A Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) também estará reunida na semana que vem, mas, até o presente momento, ainda não definiu a agenda de trabalhos do colegiado.
 
Emendas
As emendas de cada uma das 11 comissões permanentes do Senado e das 22 comissões permanentes da Câmara têm de ter conteúdo restrito às competências regimentais da respectiva comissão.
 
Após aprovação, as emendas das comissões permanentes, bem como as emendas parlamentares e de bancada, deverão ser protocoladas na Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização até quinta-feira (20).
 
São chamadas emendas coletivas as apresentadas por comissão permanente ou bancada estadual. As emendas individuais são as apresentadas por deputado ou senador. Não há limite ao número de emendas a serem apresentadas ao projeto.
 
Já para o Anexo de Metas e Prioridades da proposta orçamentária, há limite de até três emendas por bancada, comissão e congressista. Desde 2012, o Executivo envia ao Congresso o projeto de LDO sem esse anexo. Desde então, o próprio Congresso inclui o documento no texto da proposta. A presidente da República, entretanto, pode vetar o anexo totalmente ou em parte.
 
Por meio do Anexo de Metas e Prioridades, os congressistas, individual ou coletivamente, têm a oportunidade de priorizar ações públicas, tanto no âmbito da União quanto no dos estados que representam. Na proposta orçamentária em discussão no Congresso, o governo estabelece como prioridade para 2015 as ações do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Programa Brasil sem Miséria e do Minha Casa, Minha Vida, mas sem discriminar o conteúdo e as metas de cada um desses programas.

Assessoria

Tags:
DIÁRIO ESPORTIVO

VÍDEO: Na TV, dirigentes do Atlético de Cajazeiras explicam contratações fechadas e outras que ‘melaram’

NOVAS CRÍTICAS

VÍDEO: Para líder católico de Cajazeiras, o Nordeste será “um recanto esquecido” por Bolsonaro

CLIMA DE EMOÇÃO

VÍDEO: Amigos e familiares destacam o legado de Dr. Toinho durante velório do advogado em Cajazeiras

ECONOMIA

VÍDEO: Com fila zerada, Bolsa Família injeta quase R$ 2 milhões por mês em Cajazeiras, diz coordenador