header top bar

section content

Açude Lagoa do Arroz poderá sangrar até sábado

Com as fortes chuvas que vem caindo na região de Cajazeiras, o Açude Lagoa do Arroz, constrído há 21 anos, pelo ex-presidente José Sarney, poderá sangrar pela segunda vez em sua história. A primeira sangria ocorreu em 2008 causando muitos transtornos para a população do distrito de Várzea da Ema, São João do Rio do […]

Por

29/04/2009 às 07h35

Com as fortes chuvas que vem caindo na região de Cajazeiras, o Açude Lagoa do Arroz, constrído há 21 anos, pelo ex-presidente José Sarney, poderá sangrar pela segunda vez em sua história. A primeira sangria ocorreu em 2008 causando muitos transtornos para a população do distrito de Várzea da Ema, São João do Rio do Peixe e ribeirinhos.

Segundo informações o açude está recendo um volume diário de aproximadamente 3 milhões m3 de água diariamente. Nesta quarta-feira(29) o volume de água de Lagoa do Arroz é de 73.000.000 m³ correspondente a 91,3% da sua capacidade máxima. O açude tem uma capacidade máxima de 80.220.750 m³ , restando portanto pouco mais de 10 milhões m³ .

A população da região do Rio do Peixe vive momentos de apreensão, quanto ao inicio da sangria do manancial, que ocasionará transtornos para várias localidades na zona rural e urbana. Um dos municípios que pode ser atingido com as cheias é São João do Rio do Peixe, que já foi castigado com enchentes ocasionadas pelas águas da sangria dos açudes de Capivara, Arrojado e Pilões.

JOSELITO FEITOSA
Da Redação do Diário do Sertão

Tags:

VÍDEO: Psicologia no Ar recebe diretores e psicóloga de organização que promove cidadania em Cajazeiras

NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras