header top bar

section content

Quatro canais estourados podem prejudicar colheita em Lagoa do Arroz

Pelo menos quatro canais do açude de Lagoa do Arroz estão estourados e impossibilitando a drenagem da água para as plantações daquela região, foi o que afirmou o engenheiro agrônomo Adalberto...

Por

25/07/2008 às 13h13

Pelo menos quatro canais do açude de Lagoa do Arroz estão estourados e impossibilitando a drenagem da água para as plantações daquela região, foi o que afirmou o engenheiro agrônomo cajazeirense Adalberto Nogueira, ao Diário do Sertão esta semana. Segundo Adalberto, os canais não suportaram o forte período chuvoso que atingiu o sertão do estado esse ano. Agora, segundo o agrônomo, é necessário que a população se manifeste no sentido de cobrar do Governo do Estado, que responde pela drenagem do açude, a recuperação dos canais antes das próximas chuvas.

“A população que vive da agricultura, que planta todos os anos em Lagoa do Arroz, não se mobilizou ainda no sentido de poder o Governo do Estado, urgentemente, fazer a recuperação desses canais, todo um estudo técnico para que no outro inverno não venha acontecer da mesma forma.”

Porém, Adalberto Nogueira acredita que o estouro dos canais não chega a prejudicar a indústria de produção de arroz que será instalada em São João do Rio do Peixe. Mas ele alerta que para ter uma boa infra-estrutura de produção, é necessário ter uma boa colheita, o que pode acabar não acontecendo se as autoridades não construírem novos canais.

“Essa indústria virá mais para atender a população de Pilões. Mas não pode também deixar de atender Lagoa do Arroz, apesar de ser um perímetro irrigado volta mais para a fruticultura.”, colocou.

Da redação do Diário do Sertão

Tags:
OS CIRENEUS DO CAMINHO

VÍDEO: Programa Mensagem de Esperança reflete sobre imunização espiritual e como lidar com adversários

'MENSAGEM DE FÉ'

VÍDEO: Padre apresenta programa especial na TV sobre a tradicional Festa de Dom Bosco em Cajazeiras

'OPINIÃO DO CIDADÃO'

VÍDEO: Em Cajazeiras, presidente da OAB-PB diz ser contra posse de arma: “Índices de mortes aumentam”

PROPRIEDADES EMBARGADAS

VÍDEO: Impedidos de plantar, agricultores de Cajazeiras acusam IBAMA de excessos na aplicação de multas