header top bar

section content

Diretora do HRC diz que Lei Seca ainda não pegou

Diretora do HRC diz que Lei Seca ainda não pegou em Cajazei

Por

23/07/2008 às 14h17

Depois de dois meses de sua implantação, a Lei Seca não anda fazendo grandes efeitos no trânsito cajazeirense, pelo menos é o que afirma a diretora do Hospital Regional de Cajazeiras, a médica Norma Viana (foto). Antes da Lei, Cajazeiras registrava em média 25 acidentes só nos fins de semana. Após a aplicação da nova lei, a redução foi de apenas 7%, registrando em média 20 acidentes.

Para Norma Viana, a redução não chega a ser significante e nem um pouco animadora. “Diante das estatísticas que a gente vê, como em São Paulo, onde diminuiu em 52%, esses nossos números precisam melhorar mais. Se estiver faltando alguma coisa em relação à efetivação dessa lei, que sejam mesmo feitas para diminuir de verdade os acidentes”, disse a diretora do HRC.

Norma citou a morte do jovem Helinho, que se envolveu num grave acidente de moto no último domingo (19), para sensibilizar principalmente os jovens cajazeirenses. “Precisa haver um cuidado dos jovens para serem mais cautelosos em relação ao trânsito, à moto, à bebida. Mas se os jovens não têm essa consciência, então que a Lei Seca seja aplicada de forma compulsória.”

Da redação do Diário do Sertão

Tags:
SANTO PADROEIRO

VÍDEO: Padre anuncia programação da festa de Dom Bosco em Cajazeiras; festival de música é confirmado

FÓRUM AÇUDE GRANDE

VÍDEO: Grupo entrega documento no MP para fortalecer campanha de revitalização do açude de Cajazeiras

"FICOU DESPREZADA"

VÍDEO: Mulher acusa HRC de negligência no caso da morte de sua irmã após parto; hospital responde

ESTÁ NA CAPITAL DESDE 2015

EXCLUSIVO: Após três anos, lendário padre de Cajazeiras revela o que motivou sua ida para João Pessoa