header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Exercito chega a Sousa para atender desabrigados

Cerca de trinta homens do Exército Brasileiro chegaram no final da tarde desta terça-feira, 1, a cidade de Sousa para auxiliar no trabalho iniciado desde o mês passado pela Defesa Civil, Guarda Municipal e secretarias da prefeitura de Sousa, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar no atendimento as famílias desabrigadas pelas chuvas. Os soldados estão […]

Por

02/04/2008 às 09h31

Cerca de trinta homens do Exército Brasileiro chegaram no final da tarde desta terça-feira, 1, a cidade de Sousa para auxiliar no trabalho iniciado desde o mês passado pela Defesa Civil, Guarda Municipal e secretarias da prefeitura de Sousa, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar no atendimento as famílias desabrigadas pelas chuvas.

Os soldados estão sob o comando do Capitão Fábio que foi recepcionado pelo prefeito e vice-prefeito da cidade, Salomão e André Gadelha. O deputado estadual Leonardo Gadelha também acompanhou a chegada dos militares.

Uma reunião foi realizada para traçar as metas de trabalho do Exército. A solicitação para que as tropas federais viessem a Sousa foi feita pessoalmente pelo prefeito Salomão e pelo deputado Marcondes Gadelha ao General Fraxe, comandante do Grupamento de Engenharia na última segunda-feira.

Os militares vão colaborar com a assistência as pessoas desabrigadas. Na tarde de ontem, ao lado de Salomão e Leonardo Gadelha, Capitão Fábio sobrevoou toda região afetada pelas chuvas e depois realizou um reconhecimento terrestre para avaliar os prejuízos e adoção das devidas providências.

LEVI DANTAS
Da redação do Diário do Sertão

Tags:
BLACK FIADO

VÍDEO: Conheça a versão mais popular da Black Friday que agita o comércio de Cajazeiras durante 30 dias

DESTAQUES DA SEMANA

VÍDEO: Repercussão da entrevista de José Aldemir encabeça as polêmicas do Direto ao Ponto desta terça

PROGRAMA DE MÚSICA

VÍDEO: Confira as novidades que vêm aí na nova temporada do Acústico Diário com cantor cajazeirense

VÍDEO

Secretário responde a sindicato e diz que acusações contra prefeito de Cajazeiras podem parar na Justiça