header top bar

section content

Dos 223 municípios paraibanos, 11 deles já registraram chuvas acima da média

Dos 223 municípios paraibanos, 11 deles já registraram chuvas acima da média prevista para o mês de março. De acordo com a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba – AESA, apesar das precipitações estarem ocorrendo em quase todos os municípios, as cidades que apresentam melhor resultado até agora são: Condado, com […]

Por

19/03/2008 às 19h01

Dos 223 municípios paraibanos, 11 deles já registraram chuvas acima da média prevista para o mês de março. De acordo com a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba – AESA, apesar das precipitações estarem ocorrendo em quase todos os municípios, as cidades que apresentam melhor resultado até agora são: Condado, com 37,7% de chuvas; Malta, com 20,0%; Cajazeiras, com 2,1%; Patos, com 15,5%; Uiraúna, com 9,5%; Vista Serrana, com 17,8%; Desterro, com 10,8%; São José dos Cordeiros, com 0,5%; Caraúbas, com 29,5%; Olivedos, com 36,2%. O município de Cabaceiras apresentou o maior registro no mês de março com 389,5% de chuvas que caíram na região.

Apesar dos altos índices de precipitações nesses municípios, os açudes locais ainda não estão sangrando, ou seja, não ultrapassaram a capacidade máxima de água.

Até agora, de acordo com o diretor técnico da AESA, Laudísio Diniz, os açudes que mais registraram acréscimos no volume foram: o açude Epitácio Pessoa, em Boqueirão, com 3.943.530 m³; Engenho Ávidos e Lagoa do Arroz, em Cajazeiras, com 33.123.980 m³ e 13.144.586 m³ respectivamente; São Gonçalo, em Sousa, com 7.982.586 m³; Complexo Estevan Marinho, em Coremas, com 35.475.000 m³; Copoeira, em santa Terezinha, com 326.159 m³; e o Jatobá I, em Patos, com 2.109.192 m³.

Os dados da AESA mostram que esses açudes estão próximos de atingir a capacidade máxima de água. O Epitácio Pessoa falta apenas 4,03 cm para sangrar; o Engenho Ávidos e o açude Lagoa do Arroz apenas 4,96 cm e 4,28 cm respectivamente; São Gonçalo apenas 1,35 cm; Complexo Estevan Marinho 2,27 cm; Copoeira 4,49 cm; e o Jatobá I faltando apenas 3,11 cm.

Segundo informações da AESA, alguns açudes na Paraíba já estão sangrando, como é o caso do açude Cafundó, em Serra Grande; Cachoeira da Vaca, no município de Cachoeira dos Índios; Cachoeira dos Alves, em Itaporanga; Jenipapeiro, em São José da Lagoa Tapada; São José, em São José de Piranhas; e o Tavares II, no município de Tavares.

De acordo com o diretor técnico da AESA, Laudízio Diniz, o monitoramento nesses açudes é feito diariamente. Para ele, as chuvas devem ultrapassar as previsões deste ano, indo além das previsões para a Paraíba. “Com as chuvas que estão caindo, já é perceptível uma grande melhora nos mananciais de quase todo Estado”, revelou.

André Gomes

Tags:
ESTÁ NA CAPITAL DESDE 2015

EXCLUSIVO: Após três anos, lendário padre de Cajazeiras revela o que motivou sua ida para João Pessoa

AMOR E FÉ

ESPECIAL DE FÉRIAS: Crianças e adolescentes de Cajazeiras e Sousa abrilhantam programa na TV Diário

AUXILIAR DO TROVÃO

VÍDEO: Agora no Atlético-PB, ex-jogador do Corinthians está confiante em vaga no Brasileirão da Série D

SAÚDE & BEM-ESTAR

VÍDEO: Médico alerta para consequências do uso excessivo de alguns medicamentos no aparelho digestivo