header top bar

section content

Garis com salários em atraso; Prefeitura promete pagar novembro até dia 28

Os garis de Cajazeiras estão há dois meses sem receber os seus salários. A denúncia foi feita neste sábado pela esposa de um deles. A Prefeitura promete pagar o mês de novembro até o próximo dia 28.

Por

22/12/2007 às 12h06

Os garis de Cajazeiras estão há dois meses sem receber os seus vencimentos. Foi o que denunciou na manhã deste sábado, 22, a mulher de um deles, a senhora Maria das Dores, residente no Bairro São Francisco, à redação do Portal Diário do Sertão.

Ela afirmou que estar preocupada com a situação do seu esposo, que vem trabalhando todos os dias, apesar do atraso. O marido, segundo Maria, vem sendo cobrado pelos seus credores para pagar a suas contas.

“Estou neste momento fazendo um apelo ao prefeito Carlos Antônio e a quem for de direito para que possa pagar os garis porque pelo menos lá em casa à situação é feia. Será que é porque eles são contratados que não tem o direito de passar o natal com suas contas pagas e ter uma mesa digna neste dia” disse Maria das Dores.

A mulher  não quis informar o nome do seu marido com medo de perseguição, segundo ela.

Prefeitura garante pagamento até final do mês
Procurado pela nossa reportagem o secretário da Fazenda Pública, José Ferreira, informou que o pagamento do mês de novembro será efetuado ainda este mês, mais precisamente no dia 28. Fereira adiantou que tudo esta sendo colocado em ordem.

“O décimo terceiro já foi pago, agora vamos pagar a folha de dezembro, dia 28 os contratados da secretária de infra-estrutura e no dia 11 de Janeiro de 2008, estaremos efetuado o pagamento para os contratados das outras secretárias.” Disse o secretário a nossa reportagem.

Da redação do Diario do Sertão

Tags:
NOVO DESAFIO

VÍDEO: Jornalista Heron Cid anuncia que vai se afastar das atividades para disputar as Eleições 2022

DRACO

VÍDEO: Mulher é presa em Pombal por tráfico de drogas e comercialização de armas a mando do companheiro

A CASA CAIU

VÍDEO: Foragido da Justiça de São Paulo com pena de 8 anos de prisão, é preso na cidade de Pombal

"PONTO FACULTATIVO"

VÍDEO: Mesmo sem ser feriado, comércio de Sousa fica ‘deserto’ no São Pedro e causa estranheza

Recomendado pelo Google: