header top bar

section content

Bonito de Santa Fé está entre os municípios brasileiros que atingiram meta do Programa Criança Feliz

Visitadoras e familiares realizam atividades lúdicas e educativas com as crianças

Por Assessoria de BSF

26/11/2018 às 16h02 • atualizado em 25/11/2018 às 23h21

Equipe acompanha crianças com idade de 0 a 3 anos, gestantes e crianças de até seis anos

O município de Bonito de Santa Fé, no Alto Sertão paraibano, foi um dos que atingiram a meta do Programa Criança Feliz e alcançaram 90% de eficácia. As informações estão no site do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS).

Na cidade o programa atua com uma equipe de quatro profissionais, sendo uma supervisora e três ‘visitadoras’ que atendem 100 famílias.

Elas acompanham crianças com idade de 0 a 3 anos, gestantes e crianças de até seis anos beneficiárias do BPC (Benefício de Prestação Continuada).

O programa tem como objetivo fortalecer os vínculos familiares e promover o desenvolvimento integral na primeira infância. Funciona através de visitas domiciliares mensais ou semanais às famílias beneficiadas.

VEJA MAISBonito de Santa celebra 80 anos com entrega de equipamentos de saúde à população

Visitadoras e familiares realizam atividades lúdicas e educativas com as crianças

As visitadoras, juntamente com os familiares das crianças, realizam atividades lúdicas e educativas visando promover melhor desenvolvimento e consequentemente uma melhor qualidade de vida.

“Ficamos muito felizes em saber que estamos entre os municípios que atingiram 90% de eficiência no alcance da meta pactuada. Isso mostra que estamos no caminho certo para a construção de um futuro melhor”, disse a supervisora do programa, Édja Larissa.

DIÁRIO DO SERTÃO

SAÚDE E BEM-ESTAR

VÍDEO: Sangramento nas regiões do reto e do ânus pode ser sinal de doença grave, avisa médico

APOIO DE CRAQUE

VÍDEO: Embaixador do Campeonato Paraibano, Hulk diz que está à disposição para ajudar clubes do Sertão

COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS

VÍDEO: Para advogado da OAB de Cajazeiras, investir em presídios e não em escolas é ‘enxugar gelo’

VÍDEO

Jovem jornalista estreia programa na TV e conta tudo sobre o Atlético de Cajazeiras no Paraibano 2019