header top bar

section content

VÍDEO: Reduzir maioridade penal e construir presídios resolve problema da violência? Léo Abreu comenta

Esse polêmico questionamento que permeia há muitos anos a sociedade brasileira foi comentada pelo médico no seu canal no YouTube

Por Jocivan Pinheiro

07/12/2018 às 13h49 • atualizado em 07/12/2018 às 14h03

Reduzir a maioridade penal e aumentar o número de penitenciárias resolvem o problema da violência no Brasil? Esse polêmico questionamento que permeia há muitos anos a sociedade brasileira foi comentado pelo médico Léo Abreu no seu canal no YouTube.

Léo Abreu ressalta que o tema é complexo e de difícil resolução, pois quem defende a redução tem pontos de vista válidos e quem é contra, também.

VEJA TAMBÉMYoutuber Léo Abreu se posiciona a respeito do projeto Escola sem Partido

No primeiro caso, alega-se que mais de 80% da população é a favor da redução, pois se menores de 16 anos podem votar, então podem se submeter aos rigores da lei. Quem é contra justifica que menos de 4% dos crimes graves são cometidos por menores de 18 anos.

Léo Abreu, por sua vez, diz que precisa-se primeiro discutir a problemática da enorme população carcerária do Brasil, que é uma das maiores do mundo.

Segundo ele, com base em dados do Ministério da Justiça, em dez anos a população carcerária do Brasil duplicou, mas 60% foram presos por crimes considerados de menor potencial ofensivo.

O ano de 2018 fechará com mais de 800 mil pessoas presas. Porém, o crime organizado continua comandando a criminalidade de dentro dos presídios.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Após fazerem as ‘pazes’, Jeová e Júnior vão dividir cargos na saúde com Estela, diz comentarista

ECOTROTE

VÍDEO/FOTOS: Trote diferente da Faculdade Santa Maria conscientiza novatos a cuidarem do meio ambiente

QUE VENHA MAIS!

VÍDEO! Sousa registrou maior chuva da Paraíba em 2019 e açude São Gonçalo aumenta 61 centímetros

SONHO REALIZADO

VÍDEO/FOTOS: Prefeitura de Cajazeiras realiza sorteio de 300 apartamentos e evento é marcado pela emoção